«

»

maio 23 2009

Imprimir Post

Backups remotos com o Mozy

Mozy Online Backup

Mozy Online Backup

Várias vezes procurei uma solução de backup remoto e várias vezes me decepcionei com o que encontrei. A última decepção foi com o Xdrive, e de lá pra cá o único backup remoto que usei foi o do Live Mesh, cuja função não é exatamente a de um backup remoto, mas sim uma ferramenta de sincronização de pastas/arquivos entre computadores que também permite sincronizar com uma pasta (Live Desktop) virtual online. Aqui o Live Mesh substituiu o Live Sync (antigo FolderShare), visto que ele tem todas as funções do outro e algumas extras como é o caso do Live Desktop, apesar de ter algumas falhas o esquema de lidar com duplicatas é pior, não dá pra saber exatamente qual arquivo está em processo de download/upload ou aguardando a vez, e ter alguns bugs chatinhos que só não me fizeram perder arquivos importantes porque eu tinha backup. Agora aprendi que não posso adicionar uma nova pasta para sincronizar em dois computadores em um curto intervalo de tempo que ele se perde, some com os arquivos e dá falha na hora de lidar com as duplicatas.

O Live Desktop é legal, mas o limite de 5GB nos faz ter de escolher muito bem o que vai ficar online e o que vai ficar apenas sincronizando entre PCs/laptops. Creio que a Microsoft deva aumentar esse limite no futuro, principalmente se aparecer algum concorrente à altura, mas até lá resolvi procurar uma solução alternativa para backup online e encontrei o Mozy. Ele é uma ferramenta de backup remoto que até agora tem funcionado bem. O Mozy funciona com um software cliente em que a configuração dos arquivos a serem incluídos no backup é feita, ele apresenta alguns conjuntos padrão que já fazem uma boa seleção de documentos, planilhas, fotos, pasta de e-mail do Thunderbird, Outlook e outros. Mas o usuário pode personalizar tudo incluindo pastas e arquivos específicos ou mesmo criando regras baseadas em datas, nomes de arquivos, etc.

É possível programá-lo para entrar em ação quando o computador fica ocioso, em determinado horário do dia, etc. É possível priorizar velocidade dos backups ou diminuir o impacto do backup no funcionamento da máquina. O primeiro upload é lento e pode demorar dias ou semanas, dependendo do tamanho dos arquivos e da velocidade de upload da conexão (que no Brasil costuma ser ridiculamente baixa), mas os uploads seguintes tendem a ser rápidos porque enviam só os arquivos modificados ou até mesmo só as partes de determinados arquivos que foram modificadas.

Os arquivos são criptografados tanto no envio (128 bits SSL) quanto no servidor (448 bits Blowfish), de forma que uma eventual invasão no servidor ou uma “escuta” na conexão não fornecerá nenhum dado útil ao invasor. A restauração de poucos arquivos pode ser feita diretamente com o programa cliente que dá 3 opções: um drive virtual chamado MozyHome Remote Backup que fica no “Meu Computador” e cuja navegação é como num drive comum, clicar com o botão direito sobre a pasta desejada e selecionar a opção “Restore Files in Folder” e a terceira opção com a interface do software. Há também opção de restauração sem o software cliente, para qualquer PC com acesso à internet. É possível selecionar os arquivos a serem restaurados e o Mozy prepara um ou mais arquivos zipados (nos meus testes um foi auto-extraível e outro não), e após alguns minutos ou horas (dependendo da quantidade de arquivos) o(s) arquivo(s) estarão prontos para download através de conexão segura (https), o que aliás serviu como motivo para eu trocar o GetRight que eu usava há muitos e muitos anos (e que na versão não-registrada não aceita download de https) pelo freeware Flashget, mas essa é outra história. Uma última opção de restauração dos backups é pedir um DVD enviado via Fedex com os dados selecionados, mas essa opção é cobrada à parte e tem um custo alto, porém o valor pode ser relativamente baixo dependendo do valor dos dados e do tamanho, pois dependendo do tamanho a restauração poderia demorar dias, apesar de os servidores do Mozy serem rápidos e a velocidade de download das conexões ADSL e afins serem quase sempre bem mais rápidas (menos lentas) para download do que para upload.

O Mozy tem uma versão gratuita que dá 2GB de espaço no servidor, é pouco e nesse caso é melhor usar a sincronização do Live Mesh, ou talvez usar o Mozy como um backup extra só com as coisas mais importantes. Mas por 5 dólares mensais o usuário pode fazer um upgrade para espaço ilimitado para um computador, no caso de mais de um computador é cobrado 5 dólares por computador. Há também uma versão profissional (MozyPro) que custa 3,95 dólares (desktop) ou 6,95 dólares (servidores) e mais 0,50 para cada gigabyte utilizado, essa não tem limitações de quantidade de computadores e tem algumas funções extras que são ideais para empresas e servidores.

Para o usuário doméstico 5 dólares, cerca de 10 reais por mês parece ser um excelente negócio, pois mesmo fazendo backups regularmente em DVD, pendrive, HD externo, etc. é sempre bom ter uma opção de backup remoto, fisicamente bem longe dos dados originais, para qualquer eventualidade que possa comprometer o micro original e os backups ao mesmo tempo (roubos, enchentes, incêndios, descargas elétricas, etc.). Basta lembrar daquela história, que não sei se é real ou lenda urbana, da empresa sediada no World Trade Center que tinha seus dados em uma torre e o backup na outra.

Se você se interessou pelo Mozy lhe convido a testá-lo. Eu usei todo o limite de 2GB para fazer vários testes antes de assinar o MozyHome com espaço ilimitado. Faça também os testes de restauração dos arquivos, afinal de nada vale um backup que não pode ser restaurado. Se você gostar e quiser assinar a versão ilimitada, use o link aqui do Skooter Blog para obter 10% de desconto (4,50 dólares). Também é possível optar pela assinatura de um ano e ganhar um mês grátis, ou dois anos e ganhar três meses grátis.

Sobre o autor

Skooter

Skooter é cientista da computação e fundador do Skooter Blog. Tem interesse em tudo relacionado a tecnologia e gosta de economizar fazendo suas compras diretamente do exterior.

Link permanente para este artigo: http://www.skooterblog.com/2009/05/23/backups-remotos-com-o-mozy/

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificar sobre
avatar
wpDiscuz