«

»

jun 01 2011

Imprimir Post

Recarga dos Cartuchos HP 940 (Impressora multifuncional HP Officejet Pro 8500)

Olá leitores do Skooter Blog. Já havia algum tempo que esta seção de recarga de cartuchos estava parada. Hoje resolvi atualizá-la para falar sobre a recarga dos cartuchos de uma das impressoras mais modernas da HP, a HP Officejet Pro 8500, multifuncional que utiliza os cartuchos HP 940. Os procedimentos também deverão servir para outras impressoras que utilizem o mesmo cartucho.

A informação que estou colocando aqui é a que obtive com minha experiência na recarga desses cartuchos na minha própria impressora, os procedimentos foram obtidos por tentativa e erro e também com as excelentes dicas do pessoal do Forum do Clube do Hardware, principalmente neste tópico, que recomendo a leitura completa para quem dispor de tempo para aprender os segredos desta impressora. Gostaria de agradecer as pessoas do tópico que compartilharam suas experiências e deram ótimas dicas, não vou citar nomes para não correr o risco de esquecer de ninguém.

O primeiro passo é a escolha da tinta. Essa impressora, até onde eu sei, é a primeira da HP na linha Officejet a utilizar tinta pigmentada em todos os cartuchos: preto, ciano, magenta e amarelo. Então nenhuma tinta específica para HP anterior servirá nela. Há quem use tintas corantes após fazer a limpeza completa dos cartuchos, cabeças de impressão, etc. mas acho isso um grande desperdício do potencial da impressora, que utiliza tintas pigmentadas justamente para poder oferecer uma melhor resistência à água e ao próprio desbotamento que ocorre com a ação do tempo nas tintas corantes.

Dito isto, o consenso da comunidade é de que existem apenas 3 tintas pigmentadas realmente boas para os cartuchos HP 940, que listarei a seguir:

  • OCP, de origem alemã;
  • Sensient, de origem norte-americana;
  • InkTec, de origem coreana.

Das três, a que venho usando é a OCP, pois o representante da Inktec só vende por telefone e o da Sensient demorou muito para trazer as tintas específicas para a HP 8500 para o Brasil. Lembrando, mais uma vez, que somente as tintas específicas para a série 8000/8500 devem ser usadas, pois as outras são tintas corante.

Mas onde adquirir tais tintas? É preciso tomar muito cuidado com as falsificações que existem por aí, portanto recomendo apenas os representantes oficiais:

Abaixo informo os códigos das tintas específicas para HP 8000/8500 (cartucho HP 940) para não haver erro na hora da compra:

  • OCP BKP 272 (preto), CP 272 (ciano), YP 272 (amarelo) e MP 272 (magenta);
  • Sensient PDJ 8600 (preto), PDJ 8620 (magenta), PDJ 8640 (amarelo) e PDJ 8660 (ciano);
  • InkTec HLP40-01LB (preto), HLP41-01LC (ciano), HLP42-01LM (magenta) e HLP43-01LY (amarelo).

Há quem prefira utilizar bulk ink ou cartuchão devido ao alto volume de impressão. Não é o meu caso, então estou plenamente satisfeito em carregar os cartuchos originais. Nem recomendo esses cartuchões e bulks simplesmente porque eles não possuem o sistema de bolsa e diafragma dos cartuchos originais. Nos cartuchos originais a tinta está em uma bolsa onde não há ar, com uma pequena separação antes do bico de saída que contém uma válvula por onde a tinta só passa em um sentido. A impressora freqüentemente pressiona um diafragma que existe nessa parte para empurrar tinta para dentro da mesma (rumo às cabeças de impressão). Em seguida, o diafragma volta à posição normal puxando tinta da bolsa. O diafragma tem dupla função, ele não apenas empurra a tinta para dentro da impressora de forma ativa, como também avisa a impressora quando não há mais tinta na bolsa, pois nessa situação ele não volta à posição original, devido ao fato da bolsa ser selada. Utilizando cartuchões ou bulks feitos com cartucho sem bolsa e sem diafragma, a tinta passa a entrar na impressora apenas por conta da diferença de pressão que acontece conforme tinta sai da cabeça de impressão para o papel. Isso inevitavelmente acaba resultando em ar nas mangueiras e na cabeça de impressão, que acaba resultando em falhas até que seja removido.

Para fazer a recarga são necessários os seguintes itens:

  • 4 seringas de 10ml cada
  • 4 agulhas grossas
  • 4 tampões (os mesmos utilizados em bulk ink)
  • Estilete
  • Chave de fenda pequena
  • Papel toalha

As seringas servirão para injetar tinta nos cartuchos. São seringas comuns que podem ser adquiridas em qualquer farmácia. Normalmente elas vem com uma parede extra em volta do bico com rosca, permitindo que a agulha seja rosqueada. Essa parte precisa ser removida cuidadosamente com um estilete para permitir que o bico da seringa entre no cartucho, facilitando a recarga.

As agulhas também podem ser compradas em qualquer farmácia e servem para remover o ar que sobra no cartucho após a recarga, esse procedimento parece não ser obrigatório, mas é bom para evitar que ar entre nas mangueiras e acabe nas cabeças de impressão. É recomendável lixar as pontas para evitar furar a bolsa dos cartuchos.

Os tampões podem ser adquiridos no Mercado Livre. Recomendo este vendedor (RODTEC1), de quem eu comprei os meus. Antigamente eu usava parafusos Allen para essa finalidade, mas os tampões se mostraram mais eficazes em não permitir vazamentos.

O estilete serve para cortar o adesivo do cartucho e facilitar a remoção da tampa que dá acesso ao orifício de recarga. A chave de fenda pequena será utilizada para remover a esfera de borracha que tampa o orifício de recarga. Eu utilizo a chave do Kit de Ferramenta de 30 peças que adquiri na DealExtreme, com a ponta 1.3. Finalmente o papel toalha é para enxugar a tinta que eventualmente vazar durante a recarga. Para evitar sujeira também recomendo forrar o local onde vai trabalhar e utilizar luvas de latex, pois a tinta pode ser difícil de remover de mãos e unhas.

Com todas as ferramentas em mãos, vamos à recarga. Primeiramente, localize na base do cartucho a parte que é apenas encaixada e cobre a saída de tinta e o furo de recarga. Passe cuidadosamente o estilete em um dos lados para poder abrir essa tampa. Com a tampa aberta você expõe o furo de recarga. Dentro dele há uma pequena esfera de borracha, remova-a com auxílio da chave de fenda. Nesse momento entra ar na bolsa e o diafragma que estava preso pelo vácuo voltará a posição de origem, isso é normal.

Agora você utilizará a seringa para injetar tinta na bolsa do cartucho pelo orifício de recarga. Idealmente você deve fazer isso com o cartucho inclinado em 45 graus, de forma que o orifício de recarga esteja no ponto mais elevado. Insira a ponta da seringa (sem agulha) com tinta no orifício de recarga e pressione o êmbolo, injetando a tinta dentro da bolsa. No final, puxe levemente o êmbolo apenas para remover o ar que possa estar dentro da bolsa, em geral volta um pouco de ar para a seringa antes de começar a voltar a tinta. Repita a operação até encher a bolsa. Note que quando a bolsa se enche a tinta pode ficar sob pressão e espirrar no momento em que a seringa é removida, evite essa situação fazendo a recarga aos poucos e sempre removendo o ar. Com a bolsa cheia, insira o tampão para cobrir o orifício de recarga. Algumas pessoas utilizam a esfera original, mas ela se danifica após poucas recargas. Limpe a tinta que eventualmente tenha vazado com o papel toalha.

Agora é o momento de retirar o ar que possa ter ficado na parte junto a saída de tinta, normalmente é uma quantidade de ar equivalente ao pressionamento do diafragma, que volta para a posição original quando o orifício de recarga é aberto, puxando ar para esse compartimento. Para remover esse ar segure o cartucho inclinado em 45 graus, dessa vez com a saída de tinta no ponto mais elevado, balance o cartucho um pouco para o ar (mais leve que a tinta) subir. Insira a seringa com agulha com o êmbolo totalmente pressionado no orifício de saída de tinta. Certifique-se de Insirir a agulha apenas alguns milímetros, até passar pela válvula de entrada, para evitar furar a bolsa. Puxe o êmbolo levemente de forma que ele removerá o ar que ficou junto ao bico de saída, apenas 1 ou 2 ml costuma ser suficiente para isso.

Limpe novamente eventuais vazamentos e encaixe novamente a tampa plástica que cobre o furo de recarga. Pronto, a recarga está concluída. Note que a impressora não vai identificar o cartucho como cheio novamente. Ela irá imprimir por mais algum tempo até detectar que você está usando tinta não-original. Ela sabe disso porque nota que o cartucho está durando muito mais do que a quantidade de tinta original permitiria, e ela sabe que o cartucho ainda é o mesmo por conta do chip presente nele. A partir desse momento o indicador de quantidade de tinta não mais aparecerá, pois ela não tem como estimar quanta tinta há em um cartucho recarregado, mas o funcionamento continuará normalmente. Note que a impressora registra que já utilizou tinta não original, e isso provavelmente invalidará a garantia, pelo menos das cabeças de impressão.

Apesar de não poder monitorar a quantidade de tinta, você não precisa ser preocupar com a tinta acabar, pois quando isso acontecer o diafragma não voltará para a posição original, assim como quando acabou a tinta original, e nesse momento a impressora avisa que está sem tinta. Aí basta recarregar novamente.

Mesmo com todo o cuidado, eventualmente poderá haver ar nas cabeças de impressão e falhas começarão a ocorrer. Nesse momento eu recomendo utilizar um snap & fill para sugar o ar da cabeça de impressão, ao mesmo tempo em que a tinta entra pelos injetores, mas vou deixar isso para um próximo artigo.

Com as tintas OCP e estes procedimentos estou tendo excelentes resultados, impressão com qualidade muito semelhante à original tanto em texto quanto em figuras e fotos. E vou encerrando por aqui, este artigo é a minha forma de retribuir à comunidade pois também recebi bastante dicas quando comecei a fazer a recarga desses cartuchos, então espero que essas dicas também possam ser úteis para outras pessoas.

Sobre o autor

Skooter

Skooter é cientista da computação e fundador do Skooter Blog. Tem interesse em tudo relacionado a tecnologia e gosta de economizar fazendo suas compras diretamente do exterior.

Link permanente para este artigo: http://www.skooterblog.com/2011/06/01/recarga-dos-cartuchos-hp-940-impressora-multifuncional-hp-officejet-pro-8500/

Deixe um comentário

13 Comentários em "Recarga dos Cartuchos HP 940 (Impressora multifuncional HP Officejet Pro 8500)"

Notificar sobre
avatar
Ordenar por:   mais novos | mais velhos | mais votados
Nacelio
Visitante
Nacelio

Ola gostei muito das dicas mais fiquei com uma duvida e acho q vc pode explicar,
vc diz q (não precisa ser preocupar com a tinta acabar) mais se a tinta acabar o chip nao fica invalido?

Nacelio
Visitante
Nacelio

Muito obrigado pela atençao.

Osvaldo Marques da Silva
Visitante

Urgente
fiz a recarga do meu 940 e impressora não aceita…o que devo fazer?

Margarete
Visitante
Margarete

Olá, gostaria de saber se tem como tirar o ar da cabeça de impressão. Acabei de trocar as duas cabeças e a tinta amarela acabou (já tinha sido recarregada) e a impressora não avisou. Conclusão: não sai mais tinta.

Aguardo retorno.
Atenciosamente,

Eliel Teixeira
Visitante
Eliel Teixeira

amigo me diga uma coisa……se eu efetuar essa recarga vai voltar a mostrar os niveis de tinta ?

Dennys Alexandre Moraes Moreira
Visitante

Bom Dia Gostaria de saber o telefone de algumas empresas que fazem a venda da tinta Pigmentada, moro em São Luís-MA……..

nick
Visitante

Bom dia vc conhece alguem que vende ocp em recife-pe??? fico no aguardo.

wpDiscuz