«

»

fev 19 2016

Imprimir Post

Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer – Mega Drive

World Championship Soccer foi um dos primeiros jogos de Mega Drive, lançado pela Sega em 1989. Foi também o primeiro jogo de futebol de Mega Drive e por bastante tempo ainda foi o único. No Japão seu nome era World Cup Soccer. A ROM dos jogos era igual em ambos os continentes, mas o jogo verificava a região do console e exibia o título apropriado na abertura: World Championship Soccer nos consoles americanos e europeus ou World Cup Soccer nos consoles japoneses.

Em consoles japoneses, o nome do jogo é World Cup Soccer

Em consoles japoneses, o nome do jogo é World Cup Soccer

Em consoles americanos ou europeus, o nome do jogo é World Championship Soccer

Em consoles americanos ou europeus, o nome do jogo é World Championship Soccer

No Brasil, foi lançado pela Tec Toy com o nome de Super Futebol. Como os consoles brasileiros são iguais aos americanos, no quesito região, o nome que aparece no título também é World Championship Soccer.

Na Europa, o jogo foi lançado com o nome World Cup Italia ’90, porém é uma outra ROM, com a tela de título alterada para mostrar esse nome e exibindo inclusive o mascote da copa. Nesta ROM, este título também aparece se o jogo for executado em um console americano ou japonês.

Posteriormente também foi chamado de Sega Soccer em um cartucho com 5 jogos lançado exclusivamente pela Tec Toy, o qual recebeu o nome de Sega Top Five, e também algumas outras compilações. Nesses casos a tela de título também mudou, mas o jogo permaneceu o mesmo.

Em 1994 ganhou uma continuação, chamada World Championship Soccer II, que aparentemente só foi lançada nos EUA e na Europa, ficando fora do Brasil e do Japão. Eu acabei conhecendo essa continuação somente recentemente com o uso do Mega Everdrive.

O Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer é baseado na Copa do Mundo de 1990. Porém, o jogo foi lançado antes do término das eliminatórias, e com isso só conta com 14 das seleções que se classificaram para a Copa. Ficaram de fora: Áustria, Camarões, Colômbia, Costa Rica, Checoslováquia, Egito, Emirados Árabes, Irlanda, Romênia, e Suécia. As seleções presentes são Estados Unidos, México, Peru, Brasil, Argentina, Uruguai, Marrocos, Argélia, Inglaterra, Escócia, Itália, França, Espanha, Holanda, Dinamarca, Bélgica, Hungria, Iugoslávia, Polônia, União Soviética, Alemanha Ocidental, China, Japão e Coréia do Sul.

As seleções presentes no Super Futebol são Estados Unidos, México, Peru, Brasil, Argentina, Uruguai, Marrocos, Argélia, Inglaterra, Escócia, Itália, França, Espanha, Holanda, Dinamarca, Bélgica, Hungria, Iugoslávia, Polônia, União Soviética, Alemanha Ocidental, China, Japão e Coréia do Sul.

As seleções presentes no Super Futebol são Estados Unidos, México, Peru, Brasil, Argentina, Uruguai, Marrocos, Argélia, Inglaterra, Escócia, Itália, França, Espanha, Holanda, Dinamarca, Bélgica, Hungria, Iugoslávia, Polônia, União Soviética, Alemanha Ocidental, China, Japão e Coréia do Sul.

Algo que me intrigou muito quando coloquei as mãos no cartucho do Super Futebol da Tec Toy, e que ainda me intriga até hoje, é o seguinte. Na época (1992), eu tinha um Sega Genesis, versão americana do Mega Drive, tal qual o que eu tenho hoje. Ao jogar o Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer no meu console, a seleção brasileira era composta por: Carlos, Victor, Menlo, Scarpen, Wilkins, Jaquin, Batista, Feldman, Colin, Zukka, Sora, Cerezo, Liberino, Karras, Pola, e Grande. Meu primo, que havia trazido o cartucho, ao ver aquilo disse algo do tipo: “Pola? Grande? No meu videogame aparece Pelé, Casagrande…”. Achei que ele estava me zoando, mas quando fui na casa dele vi que realmente no console dele, e com o mesmo cartucho, a seleção brasileira era composta por: Carlos, Vitor, Edson, Oscar, Edinho, Leandro, Batista, Falcao, Junior, Zico, Socrates, Cerezo, Liberino, Careca, Pele, e Casagrande. A diferença é que o console dele era japonês. E, como ficou evidente quando aluguei o Ayrton Senna’s Super Monaco GP II, há um indicador de região nos consoles que os jogos podem acessar e tomar decisões diferentes, como mudar o título do jogo e os nomes dos jogadores de uma equipe, como no Super Futebol, ou mesmo não rodar da região para a qual foi distribuído, como o Ayrton Senna’s Super Monaco GP II.

 

Nas Américas, a seleção brasileira conta com Karras, Pola, e Grande no ataque

Nas Américas, a seleção brasileira conta com Karras, Pola, e Grande no ataque

No Japão, a seleção brasileira conta com Careca, Pele, e Casagrande no ataque

No Japão, a seleção brasileira conta com Careca, Pele, e Casagrande no ataque

Mas por que a diferença de nomes de uma região para outra? Isso eu ainda não consegui descobrir. Usar os nomes reais de jogadores sem o risco de ser processado é algo que depende de licenças, e essas licenças tem um custo. Então é natural que jogos que não tem as licenças utilizem nomes fictícios, é assim até hoje. Mas por que usar nomes reais no Japão e fictícios na América e na Europa? A lei japonesa protegeria a Sega nesse caso? E por que Carlos, Cerezo e Liberino escaparam das mudanças?

Ao procurar a ROM do jogo para fazer um videozinho demonstrando como o jogo fica no console americano e no japonês, encontrei algo que só fez a confusão aumentar. O grupo No-Intro cataloga atualmente 3 versões de World Cup Soccer / World Championship Soccer. São elas:

  1. World Cup Soccer ~ World Championship Soccer (Japan, USA)
  2. World Cup Soccer ~ World Championship Soccer (Japan, USA) (v1.2)
  3. World Cup Soccer ~ World Championship Soccer (Japan, USA) (Rev B)

Quer saber qual é a diferença entre as 3 versões? Pois as únicas que encontrei dizem respeito justamente ao título e aos nomes de jogadores. A primeira versão, World Cup Soccer ~ World Championship Soccer (Japan, USA), mostra os nomes reais dos jogadores independentemente de qual seja a região do console. A segunda versão, World Cup Soccer ~ World Championship Soccer (Japan, USA) (v1.2), mostra nomes fictícios independentemente de qual seja a região do console. Por fim, a terceira versão, World Cup Soccer ~ World Championship Soccer (Japan, USA) (Rev B), é a que mostra nomes fictícios ou reais, dependendo do console ser americano ou japonês, respectivamente.

Com relação ao título, a primeira versão não mostra World Championship Soccer quando o jogo é colocado em um console americano ou europeu, mas apenas Soccer, o que é mais esquisito ainda.

A primeira versão do jogo era apenas Soccer nas Américas

A primeira versão do jogo era apenas Soccer nas Américas

Não sei em que ordem essas ROMs foram lançadas, mas é possível que seja na ordem em que listei. Possivelmente a Sega inicialmente usou nomes reais sem se preocupar, depois corrigiu isso em uma nova versão com nomes trocados, e por fim lançou a última versão que mostra os nomes de acordo com a região, trazendo de volta os nomes reais para os japoneses. Esta terceira versão é a que foi lançada no Brasil pela Tec Toy, o que explica o “fenômeno” que observei na minha infância.

Uma outra hipótese seria a de que a terceira versão que listei seja a segunda a ser lançada, retirando os nomes reais do ocidente, para posteriormente resolverem tirar também dos japoneses. Essa hipótese ganha força se considerarmos que o Sega Soccer das compilações traz os nomes fictícios independentemente da região do console.

Os nomes dados pelo No-Intro também não ajudam, o que vem antes, uma versão 1.2 ou uma revisão B? Procurando pela convenção de nomes do No-Intro o que descobri é que números de versão costumam ser identificados na própria ROM, enquanto revisões costumam ser um selo no cartucho, o que pesa em favor da Revisão B ter vindo depois.

Aliás, por que a Sega mudou o nome do jogo nas compilações? Seria por que a Copa já tinha passado? E por que o nome americano do jogo no ocidente foi World Championship Soccer em vez de World Cup Soccer? Me parece que atualmente o nome “World Cup” é propriedade da Fifa, logo não poderia ser usado como título de jogos não licenciados. Seria assim desde 1989?

Olhando o tamanho da imagem das ROMs compactada (zip), temos 158.252 bytes para a primeira versão, 158.636 bytes para a segunda versão, e 160.132 bytes para a terceira versão. Os 384 bytes a mais da segunda versão devem dar conta da diferença no título. E os quase 2 KBytes a mais da terceira versão são o indício que faltava de que ele tem dois nomes para cada jogador. Eu não chequei os nomes do jogadores das outras seleções, vou deixar isso como exercício para você leitor. 🙂

Enfim, são mais perguntas do que respostas. E não tenho grandes esperanças de encontrar uma solução para o mistério. Já procurei bastante e até agora não encontrei.

Mas voltemos ao Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer. Como quem assistiu a Copa de 1990 (ou tem a mínima noção de que o Pelé não estava mais atuando em 1990) já deve ter reparado, os nomes reais ou fictícios não correspondem aos da seleção da Copa de 1990 e nem mesmo aos das eliminatórias. O único jogador da lista que me recordo que estava na seleção de 1990 é o Careca. Os demais, como Pelé e Sócrates, estiveram em outras seleções, de outras copas, mas não na de 1990.

O jogo apresenta uma visão de cima, 90º com relação ao campo o tempo todo, de forma que vemos a cabeça e os ombros dos jogadores, com pernas e braços aparecendo quando caminham ou quando dão um carrinho. Não há faltas, não há substituições.

Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer

Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer

Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer

Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer

Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer

Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer

Há dois modos de jogo: World Cup e Test Match. O primeiro modo é como a Copa do Mundo, com fase de grupos e fase eliminatória, portanto jogamos pelo menos 3 jogos. O jogo termina com o título após 7 jogos ou com a seleção desclassificada, seja por não passar da fase de grupos ou por ser derrotada em algum jogo da fase eliminatória.

O modo Test Match é um amistoso que pode ser jogado por 1 ou 2 jogadores. Note que a opção para dois jogadores só aparece se o segundo controle estiver conectado ao Mega Drive, do contrário ela não aparece, e é por isso que ela não está presente no vídeo que eu fiz.

A seleção é escolhida através de um mapa. As equipes tem quatro atributos: velocidade, habilidade, defesa e goleiro, e podem ir de 1 a 5. Após escolher a seleção que iremos representar é preciso escalar o time dentre as opções. O esquema é sempre o 4-4-2, então escolhemos 1 dentre 2 goleiros, 4 dentre 5 zagueiros, 4 dentre 6 meio-campistas, e 2 dentre 3 atacantes. Os atletas também tem suas habilidades individuais, como velocidade, chute, desarme e precisão.

Super Futebol - Escolha sua seleção pelo mapa. Aproveite para aprender um pouco de Geografia

Super Futebol – Escolha sua seleção pelo mapa. Aproveite para aprender um pouco de Geografia

Partidas empatadas nas fases eliminatórias são decididas nos pênaltis, onde temos a visão por trás do cobrador ou por trás do goleiro, dependendo de estarmos chutando ou defendendo. No modo de dois jogadores a visão é sempre a do cobrador.

Visão do cobrador nos penaltis

Visão do cobrador nos penaltis

Visão do goleiro nos penaltis

Visão do goleiro nos penaltis

Uma música toca durante o jogo todo. Para a mesma seleção é sempre a mesma música, o que pode cansar um pouco. A música só pára em cobranças de escanteios e tiros de meta, quando aparece uma tela com outro ângulo de visão (por trás do jogador), e retorna após a cobrança. Nos gols aparece uma tela estática com um jogador comemorando e ouvimos uma voz digitalizada de “Gol”, a mesma que ouvimos na tela de título.

Cobrança de Tiro de Meta no Super Futebol

Cobrança de Tiro de Meta no Super Futebol

Gol no Super Futebol

Gol no Super Futebol

Gol no Super Futebol

Gol no Super Futebol

A jogabilidade é apenas razoável, afinal foi o primeiro jogo de futebol do console, e até então não havia nada muito melhor que isso. Títulos melhores acabaram surgindo posteriormente, mas aí eu já estava no Super Nintendo, de modo que o Super Futebol / World Cup Soccer / World Championship Soccer foi o único futebol do Mega Drive que eu realmente joguei bastante. Pelé, Super Kick Off, e Fifa’s Soccer também aparecem em minha listinha de jogos terminados no Mega Drive, mas eu mal me recordo deles. O que marcou mesmo foi o Super Futebol.

Na minha infância eu consegui terminar o jogo, de modo que ele entrou para a minha listinha de jogos terminados do Mega Drive na posição 16. Infelizmente não consegui reproduzir a façanha no vídeo que fiz para mostrar o jogo.

A listinha de jogos terminados da minha infância, com o Super Futebol (World Championship Soccer) na posição 16 da seção de Mega Drive

A listinha de jogos terminados da minha infância, com o Super Futebol (World Championship Soccer) na posição 16 da seção de Mega Drive

No vídeo eu mostro as 3 versões do jogo, até a tela que mostra os nomes dos jogadores. Note que o Mega Everdrive me permite “enganar” o jogo e fazer o meu Sega Genesis se passar por um Mega Drive japonês. E assim eu consigo mostrar como o jogo se comporta em sua Revisão B, tanto em um console americano quanto em um console japonês. Por fim, eu jogo alguma partidas para demonstrá-lo.

Os equipamentos utilizados para esta captura foram:

Sobre o autor

Skooter

Skooter é cientista da computação e fundador do Skooter Blog. Tem interesse em tudo relacionado a tecnologia e gosta de economizar fazendo suas compras diretamente do exterior.

Link permanente para este artigo: http://www.skooterblog.com/2016/02/19/super-futebol-world-cup-soccer-world-championship-soccer-mega-drive/

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. 1
    Polter

    Muito bom. Sobre os mistérios, acredito que as suas especulações são bem razoáveis. Respostas oficiais não devem existir, porque dificilmente a Sega admitiria que evitou usar nomes de jogadores ou marca da Fifa para evitar risco de ser processada.

    Sobre os games de futebol, eu sei que joguei vários jogos, mas o que mais joguei foi um do Master System que permitia jogar com 2 jogadores no mesmo time, um controlava exclusivamente o goleiro e o outro os jogadores de linha. Eu jogava com um amigo e dividamos o preço do aluguel do cartucho. Vc sabe qual era o nome deste jogo?

    1. 1.1
      Skooter

      Em algum momento a Sega deve ter obtido a licença da Fifa, pois do contrário não teriam lançado o jogo na Europa até com o mascote da Copa. Inclusive o jogo também saiu para Master System como World Cup Itália 90 (que a Tec Toy chamou de Super Futebol 2.

      Quanto ao jogo de futebol do Master System. Eu só me lembro de ter jogado dois: o Super Futebol (Great Soccer) e o Super Futebol 2. O primeiro eu cheguei a ter, o segundo aluguei algumas vezes. Certamente não é nenhum desses dois. Não estou certo se cheguei a alugar o Super Kick Off ou se só o joguei no Mega Drive. Poderia ser ele?

      A biblioteca do Master System não é muito extensa, Sensible Soccer e Tecmo World Cup ’93 não saíram no Brasil, então acho que também podemos descarta-los. Resta o Ultimate Soccer, o Fifa International Soccer e o Champions of Europe.

      1. 1.1.1
        Polter

        Realmente era o Super Kick Off. Se não estou enganado, ele foi lançado depois que o Super Futebol 1 e 2 e tinha uma melhor jogabilidade.

        Deixo uma sugestão de um infografico que achei com a evolucao dos games de futebol paladarnegro.net/jugador-videojuegos/

        1. Skooter

          Sim, o Super Kick Off é de 1991.
          Bacana esse Infográfico.

Deixar uma resposta