maio 30 2006

O Amigo Oculto

Tá, é de 2005, não é novo, mas não é tão antigo, então vamos comentá-lo… Começamos com uma tradução infeliz do título original que é “Hide and Seek”, nome da brincadeira que aqui é conhecida como “Esconde-Esconde”. O filme conta a história de um pai que tenta recomeçar sua vida após o suicídio de sua esposa. Ele e a filha se mudam para uma casa antiga, na floresta (atitude um tanto questionável nessa situação). A filha, ainda traumatizada, encontra consolo em um amigo imaginário, Charlie. No início Charlie é interpretado pelo pai, psicólogo, como uma maneira da filha lidar com o trauma, mas acontecimentos estranhos começam a ocorrer, e a filha diz que Charlie é o responsável.
O roteiro tem algumas falhas e muitos clichês, como as famosas cenas de banheira, vizinhos estranhos, etc… O final tem uma reviravolta interessante, não é um final óbvio e monótono, não é uma reviravolta absurda (como no péssimo “Os Esquecidos”), mas também não é algo como “O Sexto Sentido”, que tem como maior mérito o fato de dar todas as dicas durante o filme e o expectador não perceber. Em “O Amigo Oculto” o expectador pode até prever o final pois ele não é tão original assim e já foi usado em outros filmes, mas certamente não será pelas dicas, porque elas simplesmente não existem. Não assisti o filme novamente ainda, mas me parece até que há algumas coisas durante o filme que simplesmente não encaixam com o final. De qualquer forma é um filme acima da média, bem melhor que as porcarias do genero que tivemos que engolir recentemente como: “O Chamado 2”, “O Enviado” e o já citado “Os Esquecidos”.

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2006/05/30/o-amigo-oculto/

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificar sobre
avatar
wpDiscuz