[Review] Nintendo Switch Pro Controller

Neste artigo falo sobre um Nintendo Switch Pro Controller, que adquiri para usar com o meu Nintendo Switch, do qual já falei aqui no Skooter Blog.

Motivação

Nintendo Switch vem acompanhado de um par de controladores Joy-Con, os quais funcionam de várias formas: acoplados ao console; ambos soltos, um em cada mão; soltos e divididos entre dois jogadores; ou acoplados ao grip formando o controle-cachorrinho.

Como eu prefiro jogar na TV, na maior parte do tempo eu uso os Joy-Con acoplados ao grip. Não é desconfortável, mas não é tão confortável quanto um Dualshock 4, por exemplo. O Nintendo Switch Pro Controller é uma opção melhor que os Joy-Con no grip, com mais conforto, mais autonomia e mais fácil de recarregar.

Infelizmente, o preço do Nintendo Switch Pro Controller é elevado, até mesmo no primeiro mundo onde a Nintendo está oficialmente, custando na faixa de US$ 70,00, mais caro que o Dualshock 4. No Brasil dos impostos a situação é ainda pior, o custo é mais que o dobro disso nas lojas mais conhecidas.

A Compra

O menor preço que encontrei para o Nintendo Switch Pro Controller foi R$ 299,99. Vendi minha Bolsa para Playstation VR (PSVR) e Acessórios, visto que eu não precisava mais dela com a venda do Playstation VR e completei o valor para adquirir o controlador da Nintendo.

Comprei com uma vendedora cujo título do anúncio era “Controle Nintendo Switch Pro Controller Original Lacrado”.

Unboxing

Ao contrário do vendedor do Nintendo Switch, a vendedora do Nintendo Switch Pro Controller foi honesta, o produto estava realmente lacrado como dizia o anúncio. Confira as fotos e o vídeo do unboxing:

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, em sua embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, cabo USB e embalagem.

Nintendo Switch Pro Controller, cabo USB e embalagem.

Cabo USB que acompanha o Nintendo Switch Pro Controller.

Cabo USB que acompanha o Nintendo Switch Pro Controller.

Cabo USB que acompanha o Nintendo Switch Pro Controller.

Cabo USB que acompanha o Nintendo Switch Pro Controller.

Cabo USB que acompanha o Nintendo Switch Pro Controller.

Cabo USB que acompanha o Nintendo Switch Pro Controller.

Cabo USB que acompanha o Nintendo Switch Pro Controller.

Cabo USB que acompanha o Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller.

A versão que recebi aparentemente é americana, com texto em inglês, francês e espanhol. Deve atender Estados Unidos, Canadá e México, que são mercados oficiais.

Nintendo Switch Pro Controller vem acompanhado de um cabo USB, que parece ser grosso e bem construído. Leva a marca da Nintendo, assim como o cabo HDMi do Nintendo Switch. É feito nas Filipinas.

O plástico do Nintendo Switch Pro Controller é preto translúcido, o que o deixa muito bonito. Eu até pensei em colocar uma capa nele, mas ela certamente esconderia essa beleza.

Ele tem todos os botões presentes nos controles Joy-Con, com a vantagem de botões maiores e com um posicionamento mais anatômico e de um D-Pad de verdade.

Testes

Conectei inicialmente o Nintendo Switch Pro Controller à base do Nintendo Switch usando o cabo USB, para pareá-lo e carregar sua bateria. O cabo só é necessário para a recarga, pois a conectividade é sem fio, via Bluetooth.

Segundo a embalagem, uma carga do Nintendo Switch Pro Controller é suficiente para aproximadamente 40 horas de jogo.  Como eu jogo pouco, o meu ainda está na primeira carga.

Assim como os Joy-Con, ele também conta com o motor de vibração (rumble) que fornece o retorno tátil. Os sensores de movimento (acelerômetro e giroscópio) também estão presentes, bem como o sensor NFC para uso dos amiibos.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Nintendo Switch e Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch e Nintendo Switch Pro Controller.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Nintendo Switch Pro Controller., conectado ao dock do Nintendo Switch.

Considerações Finais

Gostei bastante do Nintendo Switch Pro Controller. Hoje só jogo com ele. Os controladores Joy-Con ficaram exclusivamente para jogar no modo portátil. Talvez eu venha a utiliza-los no grip como segundo controle para jogar o Mario Kart 8 Deluxe (se um dia ele chegar) no modo de dois jogadores, ou outros jogos que eu ainda venha a ter. Mas para single player na TV o Nintendo Switch Pro Controller é minha primeira escolha.

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2018/02/25/review-nintendo-switch-pro-controller/

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar sobre