jan 20 2018

[Review] Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

In this article I talk about the game Fifa 18 for the Playstation 4 (PS4), acquired on Submarino.

Who monitors the Skooter Blog you know that I like a lot of the games of the Fifa series from EA Sports. And I end up buying every year, Although the evolution is little from one year to the next, pois é o título que eu mais jogo, principalmente online.

Of 1996 a 2004 I had all the Fifa PC, desde quando eles eram distribuídos pela Tec Toy, through the first version with narration in Portuguese, até a fase em que a decadência começou e o Pro Evolution Soccer (Winning Eleven) began to show better.

Fifa 96, 97, 98, Copa do Mundo 98, 99, 2000, 2001, 2002, World Cup 2002, 2003 and 2004 (PC)

Fifa 96, 97, 98, World Cup 98, 99, 2000, 2001, 2002, World Cup 2002, 2003 and 2004 (PC)

My return to the series occurred in 2010, quando adquiri a versão de Fifa 10 for or Playstation 3. Daí em diante voltei a comprar o Fifa todo ano, tendo pulado apenas o Fifa 13, pois me recusei a comprar no Brasil e pagar mais caro para ter a narração em português. Até então eu vinha comprando apenas as versões europeias, que eram mais baratas.

Confira os artigos aqui no Skooter Blog sobre cada um dos Fifa de Playstation que eu avaliei:

E agora vamos ao Fifa 18. As of costume, prefiro deixar análises detalhadas para os especialistas, o que passo nas minhas análises são apenas as minhas impressões.

Fifa 18 é o primeiro dos Fifa que eu jogo em 4K e HDR, on account of Playstation 4 For and by TV Sony XBR-55X905E, da qual falarei em breve. A imagem é fantástica. Por não ser um jogo pesado, ele pode usar 4K de verdade, sem interpolação.

Continuo não entendendo muito bem o novo sistema de bater faltas e pênaltis. Não me acostumei bem com a novidade e me atrapalho bastante.

Quando a bola pára e há jogadores cansados, há uma opção para pressionar R2 rapidamente e ver uma substituição sugerida. Basta pressionar X para aceitá-la. Achei uma mudança muito bem-vinda, pois dá substituir jogadores cansados no final do jogo sem ter que ficar pausando.

Tem mais uma nova leva de frases do Tiago Leifert e do Caio Ribeiro. A narração e comentários vem melhorando a cada ano, aumentando a variedade e evitando as repetições constantes que se viam em edições anteriores.

Os times brasileiros continuam sem jogadores reais, o que é bastante lamentável. Mas isso continua sendo falta de organização dos clubes e sindicatos de jogadores, que não se organizam. É complicado para a EA ficar negociando individualmente com cada clube, e certamente é inviável ficar negociando direitos individualmente com cada jogador.

In the article on the Fifa 17 eu mencionei que não havia tentado o modo história, e praticamente só jogava temporadas online. Well, uma hora eu me cansei das temporadas e fui dar uma olhada no modo história. E gostei! Achei o enredo suficientemente interessante.

Um ponto negativo, however, é que não há um nível de dificuldade com que eu me adapte. “Iniciante”, “Amador”, and “Semi-Pro” são fáceis demais, não dá graça jogar. The “Profissionalé desafiador, mas nesse caso eu preciso me esforçar pra ganhar a partida. E no modo história não basta ganhar, tem que ganhar e ainda fazer o protagonista, Alex Hunter, se destacar na partida, obtendo uma boa nota.

Depois de terminar o Modo História, o próprio jogo sugere passar para o Fifa Ultimate Team (FUT), levando o Alex Hunter para lá. E foi aí, que pela primeira vez em um Fifa, eu comecei a pegar gosto pelo FUT. Sempre achei muito complicado ficar montando times, vendo entrosamento e tudo mais, mas depois eu fui entendendo e gostando.

Como eu tinha muitos pontos acumulados para gastar, foi fácil conseguir aqueles bônus de 1.000 moedas por jogo e montar um time só com jogadores Ouro facilmente. Mas chega uma hora que os bônus acabam e o que se ganha de moedas por partida mal dá para renovar os contratos dos jogadores. É aí que o FUT fica chato. A evolução do time acaba. E foi aí que parei com o Fifa 17 e fui jogar outros estilos de jogo.

With the Fifa 18 eu até comecei a jogar o modo História, mas não tive muita paciência. Logo de cara trouxeram o Alex Hunter pra jogar pelada em uma favela do Rio de Janeiro. Eu não entendo essa fixação que gringos tem por favela. Já nem entendo direito porque alguém que nasceu e vive no primeiro mundo quer vir conhecer o Brasil, nem que seja pelas belas paisagens naturais. Eu não viria. Pior ainda é vir e ainda querer conhecer favela.

Passei então direto para o FUT. Mesmo tendo recebido o jogo no lançamento, percebi que estava jogando contra times muito bem arrumados e com bons jogadores. Como foram tão rápidos? Montei meu time Ouro também, mas logo os poucos bônus acabaram e fiquei mais uma vez estagnado. Praticamente só pegava times melhores que os meus. E não dá para melhorar o time porque as moedas são escassas. O negócio vai ficando chato

Ultimately, acabei concluindo que FUT infelizmente é pay-to-win. Ou você não faz nada na vida além de jogar, ou vai precisar desembolsar dinheiro de verdade para ter um time melhor que o de seus adversários. Isso é bem frustrante. E eu me recuso a ficar pagando para evoluir num jogo pelo qual eu já paguei para adquirir. Abandonei o FUT.

Ultimamente tenho jogado as Temporadas online. Já joguei seis delas e fui subindo até chegar na quinta divisão, onde estou atualmente. Em versões anteriores do jogo já cheguei na quarta. Por enquanto estou me divertindo, ganhando ou perdendo. Tenho encontrado adversários bons, e os jogos estão sendo bem interessantes e disputados. Quando os times são do mesmo nível o jogo fica divertido. FUT fica chato por conta do desnível. É só adversário com time melhor quase o tempo todo. Nas temporadas online o jogo só fica chato quando há latência, e isso me traz ao ponto mais negativo do Fifa 18.

Existe uma sacanagem imperdoável e injustificável da EA que precisa acabar e vou explicar. No FUT, quando encontramos um adversário aparece logo uma barrinha que indica a latência entre sua conexão e a dele. Isso é essencial. A barrinha tem 5 positions. Se ela não estabilizar nas duas mais altas (em verde), pode sair do jogo porque é passar raiva na certa. Se estiver nas barrinhas verdes vá em frente. Mas se estiver em amarelo, vermelho ou mesmo oscilando, corre! Não há penalidade por abandonar o jogo assim. Isso é ótimo! O problema é que não existe essa barrinha nas Temporadas Online fora do FUT. Simplesmente não há como ver a latência antes de entrar no jogo. E depois de entrar não dá para abandonar sem punição.

Aí eu pergunto: For that, EA? Por que não colocar a barrinha de latência em TODOS os jogos online? Só jogos do FUT são importantes? É pra incentivar a jogar só no FUT onde vocês nos arrancam mais dinheiro? É muita sacanagem!

Ultimately, minha conclusão é que o Fifa 18 continua sendo um bom jogo, está com gráficos e som muito bons, é fun, mas precisa urgentemente consertar essas falhas para continuar relevante.

Não sei em que pé está o PES, pois as últimas versões dele que joguei são muito antigas e estavam bem fracas. Mas se a EA continuar com essa palhaçada eu vou pelo menos dar uma conferida para ver o que a Konami tem feito. Se tudo falhar eu volto pro Super Futebol do Master System, que pelo menos era divertido. 😛

No FUT eu só jogo de novo se a quantidade normal de moedas que se ganha numa partida (sem contar bônus) for suficiente para manter os contratos de todos os jogadores e eventualmente fazer novas contratações. Senão não tem graça.

E algo precisa ser feito com relação à latência. Não é muito comum pegar adversários em que a latência fica alta, mas nas poucas vezes em que acontece é de dar muita raiva. A barrinha de latência antes do jogo no FUT não é perfeita, afinal a latência pode estar baixa antes do jogo e de repente aumentar, mas ela já resolve na grande maioria dos casos. Não tem porque continuar mantendo-a como exclusividade do FUT. Eu já paguei pelo jogo, não sou obrigado a desembolsar mais dinheiro no FUT para me divertir.

Confira algumas fotos e vídeo do unboxing from the Fifa 18:

Fifa 18 - Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 - Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 - Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 - Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 - Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 - Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 - Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 - Playstation 4 (PS4)

Fifa 18 – Playstation 4 (PS4)

Todos os meus Fifa para Playstation 3 e Playstation 4,

Todos os meus Fifa para Playstation 3 e Playstation 4,

Recommend this article to your friends if you like. O Skooter Blog não pode pagar por divulgação e depende de seus leitores para continuar existindo.

Permanent link to this article: https://www.skooterblog.com/2018/01/20/review-fifa-18-playstation-4-ps4/

Leave a comment

Be the first to comment!

Avatar
  Subscribe
Notify about