maio 29 2002

Rodovias, Pedágios, IPVA… pra onde vai tanto dinheiro?

Quem tem viajado na rodovia Anhanguera nas últimas semanas vem enfrentando um enorme congestionamento. Resolveram consertar uma ponte e com isso o tráfego é desviado para a outra pista ou é concentrado em apenas uma das faixas, e com isso formam-se quilometros de congestionamento, levando horas para conseguir atravessá-lo.

Da última vez que passei por este congestionamento contei 3 acidentes, envolvendo 6 carros no total. Todos ocorridos por incompetência da concessionária AutoBan. Carros que vêm andando normalmente a 110 Km/h de repente encontram a pista toda congestionada com carros parados e muitas vezes não conseguem frear em tempo de evitar uma colisão. Se não é possível evitar o congestionamento, o mínimo que poderiam fazer é sinalizar a pista de forma que as pessoas saibam que o trânsito está parado adiante e dirijam com cautela.

E depois de enfrentar mais de uma hora naquela de “acelera um poquinho, anda 3 metros e para mais 1 minuto”, o motorista ainda tem de pagar pedágio normalmente.

E por falar em pedágios, será que é realmente necessário cobrar tão caro? Não vou dizer aqui que sou contra pedágios, afinal sabemos que a pista precisa ser conservada e é justo que este valor seja cobrado de quem a utiliza. Quem andou pela pista Rio Claro -> Piracicaba antes da duplicação e anda agora sabe do que eu estou falando. Mas será que é realmente necessário cobrar tão caro?

Apenas para ir de Rio Claro até São Carlos gasta-se R$ 3,60 no pedágio Itirapina/São Carlos. Na hora de voltar gasta-se mais R$ 5,80 no pedágio próximo à Rio Claro. Total: R$ 9,40. Não serão abusivos estes valores?

Além disso as rodovias nunca deveriam ter sido entregues na mão de concessionárias, infelizmente os paulistas não souberam votar nas últimas eleições. Seria muito melhor se o governo tivesse competência para administrar as estradas, sem gente metendo a mão no dinheiro arrecadado, sem obras superfaturadas, e sem lucros. Receita = Despesa. Teríamos pedágios mais baratos, pagaríamos somente o necessário para manter as estradas em ordem. E de preferência sem fazer aquele serviço de corno que a Autoban vem fazendo na Anhanguera.

E se o dinheiro dos pedágios vai para manter as pistas, então para onde é que vai o dinheiro do IPVA?

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2002/05/29/rodovias-pedagios-ipva-pra-onde-vai-tanto-dinheiro/

Deixe um comentário

9 Comentários em "Rodovias, Pedágios, IPVA… pra onde vai tanto dinheiro?"

Notificar sobre
avatar
Ordenar por:   mais novos | mais velhos | mais votados