maio 06 2002

Pato Fu grava Acústico MTV? Acústico SPC?

O Portal Terra hoje deu uma bela mancada publicando a seguinte matéria:

“Pato Fu grava Acústico MTV em Belo Horizonte”

Acústico?? De onde esse jornalista tirou essa idéia? Não tem nada de acústico no show que o Pato Fu gravou para a MTV. Deviam tomar mais cuidado antes de passar informação errada.

Mas falando em acústico, na última quinta-feira recebi um e-mail de uma amiga minha, onde ela mencionou que queria comprar o acústico do Só Pra Contrariar, ela é fã deles.

Ainda não ouvi o disco, mas acho meio esquisito uma banda de pagode fazendo um acústico? Afinal, qual será a diferença? Afinal pagode já é tocado com instrumentos predominantemente acústicos. Logo lançar um disco com a marca da MTV deve ser apenas estratégia de marketing, pra banda ter espaço na MTV e nos outros canais com esse formato que virou modinha. E claro, não vamos esquecer que gravar CD e DVD com sucessos é uma maneira fácil de ganhar dinheiro

Seguem abaixo trechos do e-mail que enviei em resposta pra minha amiga:

“(…)

Não quero nem imaginar como deve ser. Mais uma banda que entrou na modinha dos acústicos. Ok, até o Roberto Carlos entrou. Mas, uma banda de pagode acústico? Me parece meio nada a ver. É legal você ver uma banda de rock, com aquele som de guitarra distorcido e tal, ver como aquilo fica num violão, pois são melodias bacanas e que podem ser trabalhadas. Mas pagode? Sei lá…

Além disso o Acústico perdeu a sua essência quando passaram a fazê-los já pensando nos lucros dos CDs e Home Video/DVDs. Eu me lembro quando o Nirvana fez o acústico deles, pra ser apenas um programa de televisão, sem grandes pretensões. Só lançaram em CD depois da morte do Kurt Cobain, e acho que em Home Video e DVD nunca lançaram. E esse acústico é um dos CDs mais sensacionais de todos os tempos, e foi totalmente despretensioso. A banda mais significativa desde os Beatles estava ali fazendo algo totalmente diferente de seus padrões, e fez algo admirável, que até quem não gostava deles gostou.

(…)

Na mesma época do Nirvana, a Legião gravou o que foi o primeiro acústico de rock no Brasil. Também só pra ser um programa de TV, e foi. A MTV passou apenas 30 minutos daquele acústico de quase 2 horas. Tudo simples, nada de
super-produção, nem convidados, só dois caras tocando violão e um cara tocando percussão. E mais uma vez foi algo fantástico e despretencioso, que infelizmente a maioria das pessoas só puderam apreciar 7 anos depois, quando
foi lançado em CD.

Mas a partir dos Titãs, todo acústico já foi uma superprodução feita pra passar na MTV e no dia seguinte ser lançado em CD e DVD. Tudo bem que há trabalhos realmente dignos de elogio, como o acústico do Paralamas por exemplo, que resgatou não os hits que todo mundo conhece, mas sim as velhas canções, esquecidas, que não foram as mais tocadas, que não são as mais conhecidas, mas que nem por isso são menos belas. E por que não o Roberto
Carlos? Eu não sou nenhum fã dele, sempre ouvi com indiferença, mas esse acústico realmente chamou minha atenção, muito bom.

Mas SPC??? Sei não viu…”

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2002/05/06/pato-fu-grava-acustico-mtv/

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificar sobre
avatar
wpDiscuz