Placa de Vídeo MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB GDRR6 256-bit HDMI/DP G-SYNC Turing Architecture Overclocked Graphics Card (RTX 2060 Super Gaming X) – Amazon via Envios Diretos

A Placa de Vídeo MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB GDRR6 256-bit HDMI/DP G-SYNC Turing Architecture Overclocked Graphics Card (RTX 2060 Super Gaming X) foi adquirida na Amazon dos EUA, e redirecionada para o Brasil através da Envios Diretos, para uso em meu PC, em especial para fazer experimentos com aprendizado profundo (deep learning), aproveitando os 2176 núcleos CUDA que ela possui, seus 8GB de memória GDDR6.

Motivação

Em 2014 eu mostrei aqui no Skooter Blog a minha Placa de Vídeo EVGA GeForce GTX 760 SC 4GB DisplayPort HDMI DVI-I/DVI-D com Cooler ACX 04G-P4-2768-KR. Seis anos se passaram e ela ainda era a placa de vídeo do meu computador.

Isso não era um grande problema, pois eu quase não uso o PC para jogos. Tenho mais de uma dúzia de consoles de videogames e é neles que eu jogo mais. O PC acaba sendo usado principalmente para trabalho, ainda que eu o use eventualmente para jogar emuladores (Arcades com o MAME, jogos antigos de DOS, etc.) e versões remasterizadas de clássicos do passado que adquiri na Steam, como Day of the Tentacle, Full Throttle, e Night Trap. Mas são jogos que exigem muito pouco da placa de vídeo.

Mas de uns tempos para cá tenho trabalhado mais com aprendizado profundo (deep learning), em particular com a biblioteca TensorFlow. Logo aprendi que GPUs são muito mais rápidas que CPUs no treinamento de redes neurais profundas. No trabalho tenho máquinas com processadores rápidos, como o Intel Core i7-4790K e o Intel Xeon W-2133, mas as suas respectivas placas de vídeo, uma NVidia GeForce GTX 970 e uma NVidia GeForce GTX 1080 deixam essas CPUs bem para trás. Em testes sem muito rigor, a GTX 1080 chegou a ser 60~100 vezes mais rápida que o i7-4790K. Tenho ainda uma NVidia Quadro P5000, com desempenho similar à GTX 1080, apesar de ser mais antiga. Esse tipo de aplicação se beneficia muito do alto paralelismo das GPUs.

O problema é que eu também trabalho em casa, e mesmo com a possibilidade de acesso remoto, gosto de ter meus próprios recursos locais à disposição. Infelizmente a GTX 760 já nem é mais suportada pelo TensorFlow. Ele requer uma GPU NVidia com CUDA® Compute Capability versão 3.5 ou superior, e a GTX 760 suporta apenas a versão 3.0. Ainda que fosse suportada, a diferença entre gerações de GPU costuma ser considerável, tanto que a GTX 1080 é consideravelmente mais rápida que a GTX 970.

Decidi que já era hora de fazer um upgrade de GPU na minha máquina. A GTX 760 era uma placa de respeito na época, mas hoje gasta energia demais pelo desempenho que entrega. E para deep learning praticamente não tem mais serventia.

Escolha da MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB

A primeira placa de vídeo que considerei foi a NVidia GeForce GTX 1660, que provavelmente tem a melhor relação entre custo e benefício atualmente. Mas a série RTX tem os Tensor Cores, que segundo a NVidia, permitem a computação usando variáveis de pontos flutuantes de 16 bits (FP16), o que corta o tempo de treinamento em deep learning em até 50% com relação às variáveis de 32 bits (FP32). E eis que um benchmark que mostra que a RTX 2060 é mais rápida que uma GTX 1080 Ti em deep learning me convenceu que a RTX 2060 era o melhor caminho para eu seguir.

A quantidade de memória é algo crítico ao se trabalhar com muitas técnicas de aprendizado de máquina, e o aprendizado profundo não é exceção. Em CPUs temos à disposição 32GB ou até 64GB de RAM com processadores mainstream. Com processadores Xeon podemos ir ainda além. Mas GPUs mainstream, que são essas voltadas para jogos (GTX, RTX), hoje são vendidas com 4GB a 8GB de RAM. Há placas com mais RAM, mas apenas as voltadas para uso profissional, e elas são muito muito caras! Como eu já vinha focando meus códigos nos 8GB da GTX 1080, a RTX 2060 Super 8GB me pareceu a melhor opção.

Dentre as opções de fabricantes EVGA e MSI eram minhas preferências. A EVGA por conta da EVGA GeForce GTX 760 SC, que nunca me deu qualquer problema. E a MSI também é uma marca que já usei no passado, também sem problemas.

No Brasil as opções que eventualmente apareciam eram da Gigabyte, com a qual já tive problemas, e da Galax, com a qual não tenho experiência. Ainda assim, eram opções que raramente apareciam, e sempre em lojas pouco confiáveis. Dessa forma achei que era melhor negócio comprar na Amazon dos EUA e redirecionar com a Envios Diretos, pois na Amazon havia muitas opções com pronta-entrega e outras com entrega em poucos dias. Na melhor das hipóteses o pacote não seria tributado e ainda ficaria um pouco mais barato que comprar no Brasil.

Considerei vários modelos na Amazon, principalmente da MSI e da EVGA, e acabei escolhendo a MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB, principalmente por conta de suas várias avaliações positivas, pelo desempenho um pouco acima do stock por conta do overclock de fábrica, e pelo excelente sistema de dissipação de calor, que permite que os dois ventiladores fiquem desligados quando a placa não está sendo muito exigida, contribuindo para um ambiente mais silencioso.

Compra da MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB

A placa foi adquirida na Amazon dos EUA em 30/12/2019 por US$ $429,99. Paguei outros US$ $33,32 no imposto da California, totalizando US$ 463,31. Com o IOF esse valor sobe para US$ 492,86. A cotação do dólar no fechamento da fatura do cartão foi de R$ 4,29, de modo que o preço total em reais foi de R$ 2144,37. Ficou além do que eu esperava porque o dólar subiu consideravelmente entre a data da compra e o fechamento da fatura, por conta da COVID-19. Em 30/12 a cotação do dólar comercial era por volta de R$ 4,05.

No Brasil, a Receita Federal em Curitiba resolveu ignorar o valor declarado e arbitrou um valor de US$ 55,00, convertido para R$ 247,42. Isso gerou um imposto de R$ 148,45. Com mais R$ 15,00 de taxa de despacho postal do Correios, o total foi R$ 163,45.

Somando o preço da placa, imposto da California, imposto de importação, e despacho postal, chegamos a R$ 2.277,82. Mesmo com o imposto e a subida da cotação do dólar valeu a pena, pois no momento em que escrevo este artigo esta placa está disponível no Brasil, mas por R$2.862,18, em uma loja na qual eu não confio.

Redirecionamento com a Envios Diretos

A Amazon dos EUA envia direto para o Brasil, mas neste caso paga-se quase o mesmo valor da placa em imposto de importação e ICMS, pois eles enviam por courier e cobram os impostos antecipadamente.

Redirecionando com a Envios Diretos o pacote vem pelo USPS e já temos a garantia de não precisar pagar pelo menos o ICMS nos estados que não o cobram em pacotes que vem pelo serviço postal (São Paulo é um deles), só aí já se economiza cerca de 40% em impostos, pois o ICMS é aplicado sobre produto, frete, sobre o imposto de importação e, acredite, até sobre ele próprio. É Brasil…

O imposto de importação pode ou não ser cobrado dependendo do tamanho e peso do pacote, conteúdo e valor declarado, e humor dos auditores. Dessa vez eu precisei pagar, mas foi a primeira vez que paguei imposto em um ePacket dos EUA. E felizmente foi um valor relativamente baixo e compensou. Note que já tive outro pacote enviado por ePacket depois desse (o do MiSTer), que não foi tributado. ePackets tributados felizmente ainda são exceção.

A Envios Diretos me enviou três fotos, da etiqueta da caixa, da caixa da Amazon na balança, e apenas da caixa do produto na balança, mostrando a diferença de pesos. Confira:

Com a caixa da Amazon o peso passava das 4 libras, que é o limite para enviar por ePacket. Pedi para reduzirem o tamanho da caixa, pois a Amazon costuma exagerar e mandar caixas grandes com muitos colchões de ar dentro. Meu pedido foi atendido e assim pedi o envio por ePacket, que pesou 3 libras e 15 onças. O frete custou US$ 48,99, já contando com o valor do serviço da Envios Diretos.

Unboxing e Instalação da MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB

A placa chegou bem embalada, com a embalagem original lacrada dentro de uma caixa da USPS e embrulhada com plástico. Confira as fotos e o vídeo do unboxing e instalação:

A MSI foi bem econômica com a Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB, enviando apenas a placa e alguns folhetos, incluindo uma revistinha de quadrinhos. Não há adaptadores VGA, DVI, ou de energia, como era comum há alguns anos.

A placa possui três saídas DisplayPort (DP) v1.4 e uma saída HDMI 2.0b. Estou usando apenas uma única saída DP, onde conecto meu monitor, um Dell U2410, de resolução 1920×1200. Apesar de não ser meu foco, a RTX 2060 Super deve dar conta de qualquer jogo atual nessa resolução com todas as configurações no máximo (eu acho), caso eu resolva adquirir algum.

A MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB não é longa como os modelos com três ventiladores, porém ela é mais grossa, e ao ser instalada em um slot PCI Express x16 3.0, bloqueia os dois slots que ficam abaixo dela. No meu caso precisei mudar a Placa de Som Creative Sound Blaster ZX para outro slot. Não foi um problema para mim pois só tenho essas duas placas, e ainda fiquei com três slots livres e usáveis na minha placa-mãe, uma ASUS Z87-DELUXE, sendo um slot x4 e dois x16.

A placa também é larga, e por conta disso precisei remover um acessório do ventilador lateral do meu gabinete, um CoolerMaster HAF X, que serve para direcionar o ar. Novamente, nenhum grande transtorno, o acessório é opcional.

A MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB usa um único conector de energia de 8 pinos. Para comparação, a minha EVGA GeForce GTX 760 SC usa um conector de 8 pinos e outro de 6 pinos.

O consumo máximo é de 175 W, que é um pouco acima dos 170W da  EVGA GeForce GTX 760 SC, mas na prática eu noto que ela consome bem menos, principalmente quando está sob carga baixa, sendo mais econômica que sua antecessora.

Primeiros Testes com a MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB

Duas coisas me chamaram a atenção imediatamente ao ligar o PC com a MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB recém-instalada. A primeira é que ela tem uma bela iluminação RGB. Não é algo que eu faça questão, mas como o gabinete tem um acrílico na lateral, é algo que fica bonito.

Também chama a atenção o fato de que os ventiladores ficam parados quando a GPU não está sendo muito exigida, ou seja, na maior parte do tempo no dia a dia. O PC fica bem silencioso. Inclusive vem um adesivo bem grande na placa explicando que isso é normal. A MSI chama essa tecnologia de Zero Frozr. O sistema completo de refrigeração se chama Twin Frozr 7 Thermal Design.

Com o sistema iniciado, tratei de instalar os softwares utilitários da MSI: Dragon Center, MSI Afterburner e MSI Live Update 6. Os softwares não são nenhum primor de usabilidade, são um tanto confusos em alguns casos, e com funcionalidades que não ficam muito claras.

Dragon Center

O Dragon Center permite habilitar um “Gaming Mode” que otimiza automaticamente a placa para alguns jogos suportados. Também é possível escolher um “Cenário de Usuário”, onde estão as opções: “Extreme Performance”, “Balanced”, “Silent”, “Creator Mode” e “Customize”, mas não fica bem claro o que muda de uma para outra.

Acabei deixando no “Extreme Performance”, pois mesmo assim ela se mantém silenciosa e com os clocks baixos sem carga, mas notei que essa opção habilita a opção de “desempenho máximo” nas configurações de energia do Windows, e isso desabilita o modo de standby automático. Tive que reabilita-lo manualmente. O “Creator Mode” talvez seja mais interessante para mim, por supostamente otimizar a placa para alguns aplicativos de criação, como os da Adobe, o Vegas, etc. Ele também habilita o “desempenho máximo” no Windows.

Dragon Center também traz um monitor que mostra a frequência de clock da GPU e da memória, além de percentual de uso, temperatura, e velocidade dos ventiladores em rotações por minuto (rpm) e percentual. O clock varia conforme a exigência da placa, e nos meus testes o da GPU foi de 300 MHz a 1950 MHz, e o da memória foi de 405 MHz a 6801 MHz. A temperatura não passou de 65º C e os ventiladores não passaram de 52% e 1800 rpm.

O Dragon Center tem ainda um gerenciador de LAN, que permite priorizar aplicações, algo como um QoS e otimizações para a placa de rede, incluindo também testes de velocidade e análise de sinal WiFi. Não cheguei a usar esses recursos.

Por fim, há uma seção chamada Mystic Light, que permite configurar as cores e efeitos dos LEDs, incluindo opções de sincronização com jogos. Também não mexi muito com isso e mantive a configuração padrão, que mostra uma sequência de cores (arco-íris).

MSI Dragon Center - Mystic Light.

MSI Dragon Center – Mystic Light.

MSI Afterburner

MSI Afterburner permite encontrar automaticamente as maiores configurações de overclock estável na placa.

Não tenho mais paciência para ficar fazendo testes, aguentando travamentos, etc. para fazer overclock e ganhar algum desempenho extra, possivelmente custando estabilidade. Mas testei a ferramenta para poder escrever essa análise, seguindo o tutorial da própria MSI. O ganho com a ferramenta automática foi de 210 MHz no clock da GPU. Na memória aumentei 500 MHz manualmente, como sugere o tutorial, mas não tive paciência de ficar testando mais incrementos.

Note que o Dragon Center também parece fazer algum tipo de overclock no modo “Extreme Performance”, e ao acionar esse modo com o overclock do MSI Afterburner ativado o PC travou. Optei por remover o MSI Afterburner e deixar só o Dragon Center.

MSI Live Update 6

O MSI Live Update 6 checa periodicamente por atualizações de drivers, firmware e utilitários. Optei por mante-lo instalado para eventuais atualizações do firmware ou utilitários. Para os drivers eu estou usando o NVidia GeForce Experience, que eu já usava antes e que é recomendado pela própria MSI para manter os drivers atualizados.

3DMark

Não tenho nenhum jogo atual para testar adequadamente o desempenho gráfico da MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB, mas baixei o 3DMark Demo na Steam para dar um pouco de trabalho para a placa e ver se está tudo em ordem. Foram 5930 pontos no Time Spy, sendo 8064 pontos atribuídos para os gráficos.

3DMark.

3DMark.

AI-Benchmark

Para testar o desempenho da MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB em tarefas de inteligência artificial, utilizei o AI-Benchmark. Os resultados são apresentados na tabela abaixo, onde também testei outras placas para comparar. Todos os testes foram realizados usando o Windows 10 e o TensorFlow 2.0. Por algum motivo, com o TensorFlow 2.1 o benchmark enrosca no 13º teste (NVidia-SPADE), nas duas máquinas que testei, então optei por usar a versão anterior.

GPU Device Inference Score Device Training Score Device AI Score
GeForce GTX 1080 8GB 7118 7680 14798
GeForce RTX 2060 Super 8GB (“Creator Mode”) 7786 8870 16656
GeForce RTX 2060 Super 8GB (“Extreme Performance”) 7791 8803 16594
GeForce RTX 2060 Super 8GB (“Extreme Performance”), Configurações de Energia do Windows em “Equilibrado” 7863 9010 16873

Os resultados mostram que a GeForce RTX 2060 Super 8GB é realmente mais rápida que a GeForce GTX 1080 8GB em tarefas de aprendizado de máquina. Por outro lado, a diferença entre o “Creator Mode” e o “Extreme Performance” é insignificante, e provavelmente se deve a outros fatores, como as outras tarefas em execução na máquina.

Rastreamentos

Por algum motivo não está aparecendo no site da Amazon dos EUA as informações de rastreamento do pacote de lá até a sede da Envios Diretos. Mas a compra foi feita em 30/12/2019 e o pacote foi entregue em 08/01/2020.

Da Envios Diretos para o Brasil, estas são as informações de rastreamento do pacote segundo o USPS:

March 12, 2020, 4:34 pm
Delivered
BRAZIL
Your item was delivered in BRAZIL at 4:34 pm on March 12, 2020.
March 6, 2020, 4:17 pm
Processed through Facility
CURITIBA, BRAZIL
March 3, 2020, 12:39 pm
Held in Customs
CURITIBA, BRAZIL

Este rastreamento da USPS estava bem mais completo, mostrando todos os passos do pacote nos EUA e inclusive a chegada no Brasil, que ocorreu no dia 19/01, bem antes do que o anunciado no sistema do Correios.

Estas são as informações de rastreamento obtidas no sistema do Correios:

12/03/2020
16:34
[REMOVIDO] / SP	Objeto entregue ao destinatário
12/03/2020
10:25
[REMOVIDO] / SP	Objeto saiu para entrega ao destinatário
10/03/2020
12:05
INDAIATUBA / SP
Objeto encaminhado
de Unidade de Tratamento em INDAIATUBA / SP para Unidade de Distribuição em [REMOVIDO] / SP
06/03/2020
16:30
CURITIBA / PR
Objeto encaminhado
de Unidade de Distribuição em CURITIBA / PR para Unidade de Tratamento em INDAIATUBA / SP
06/03/2020
16:28
CURITIBA / PR	Fiscalização aduaneira finalizada
03/03/2020
15:51
CURITIBA / PR	Pagamento confirmado
Consulte os prazos clicando aqui.
03/03/2020
12:41
CURITIBA / PR	Aguardando pagamento
Acesse o ambiente Minhas Importações
02/03/2020
21:27
CURITIBA / PR	Encaminhado para fiscalização aduaneira
03/02/2020
11:30
CURITIBA / PR	Objeto recebido pelos Correios do Brasil

Informar nº do documento para a fiscalização e entrega do seu objeto. Clique aqui Minhas Importações
16/01/2020
07:31
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA / 	Objeto postado

Informar nº do documento para a fiscalização e entrega do seu objeto. Clique aqui Minhas Importações
16/01/2020
07:31
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA /
Objeto encaminhado
de País em ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA / para País em Unidade de Tratamento Internacional / BR

Informar nº do documento para a fiscalização e entrega do seu objeto. Clique aqui Minhas Importações

Tabela-Resumo

Por fim, esta é a tabela-resumo da compra:

Nome do Produto: Placa de Vídeo MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB GDRR6 256-bit HDMI/DP G-SYNC Turing Architecture Overclocked Graphics Card (RTX 2060 Super Gaming X)
Nome Original: MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB GDRR6 256-bit HDMI/DP G-SYNC Turing Architecture Overclocked Graphics Card (RTX 2060 Super Gaming X)
Loja: Amazon dos EUA
Valor: US$ $429,99 (R$ 1844,66)
Valor atual: US$ 424,50
Forma de Pagamento: Cartão de Crédito Mastercard Banco Inter
Tipo de Frete: FREE Shipping
Valor do Frete:
  1. Gratuito (Amazon dos EUA para Envios Diretos)
  2. US$ 48,99 (Envios Diretos para Brasil)
País de Origem do Pacote: EUA
Data de Compra: 30/12/2019
Data de Envio:
  1. ?
  2. 08/01/2020
Data de Entrega:
  1. 08/01/2020
  2. 12/03/2020
Tempo em Trânsito:
  1. ?
  2. 64 dias
Conteúdo Declarado: computer peripheral
Tipo de Conteúdo Assinalado: None
Valor Declarado: US$ 39.90
Tributado: Sim
Valor Tributável: US$ 55,00 (R$ 247,42)
Valor do Imposto: R$ 148,45

Considerações Finais

Fiquei satisfeito com a Placa de Vídeo MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB. Ela deve me atender muito bem no treinamento dos algoritmos de aprendizado profundo, e ainda tem potencial de sobra caso eu queira jogar algum jogo mais recente, uma vez que meu monitor tem apenas 1920×1200 pixels de resolução.

A compra na Amazon dos EUA acabou valendo a pena, visto que no Brasil as placas que estavam disponíveis na época eram inferiores e tinham preço maior do que eu paguei, mesmo com o imposto de importação. O Correios e a Receita Federal enrolaram bastante e o pacote acabou demorando mais do que deveria, mas pelo menos o imposto não foi alto.

O serviço da Envios Diretos continua excelente. Produto bem embalado, embalagem discreta, e nada de custos ocultos ou adicionais. O auxílio deles foi fundamental para conseguir enviar o produto por ePacket, pois a placa é pesada e estava quase no limite de 4 libras. Se tivesse enviado por Priority seria imposto alto na certa.

Compartilhe o artigo com seus amigos se você gostou 😉 . O Skooter Blog precisa de sua ajuda na divulgação para continuar existindo.

0 0 voto
Article Rating

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2020/03/19/placa-de-video-msi-gaming-geforce-rtx-2060-super-8gb-gdrr6-256-bit-hdmi-dp-g-sync-turing-architecture-overclocked-graphics-card-rtx-2060-super-gaming-x-amazon-via-envios-diretos/

Inscrever
Notificar sobre
guest
1 Comentário
mais velhos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

[…] Este problema vinha ocorrendo com o Microsoft Power Point 2019 em meu PC com processador Intel Core i7 4770, com a GPU do processador habilitada e também uma GPU discreta, uma Placa de Vídeo MSI Gaming GeForce RTX 2060 Super 8GB. […]

×
1
0
Gostaríamos de saber o que você pensa, deixe seu comentáriox
()
x