mar 27 2008

Recarga do HP 02

Para fechar a série sobre recarga de cartuchos estarei falando hoje sobre os novos cartuchos HP 02, utilizados na HP C6180, C7180, dentre outras.

Nessa série a HP resolveu utilizar cartuchos que são apenas reservatórios de tinta (como nas Epson), portanto a cabeça de impressão está na impressora. As vantagens são claras: a recarga é bem mais fácil, e se a HP resolver mesmo adotar de vez esse tipo de cartucho os recicladores picaretas vão acabar desaparecendo, mas para sorte deles apenas os modelos mais caros utilizam esses cartuchos, enquanto os modelos mais baratos ainda continuam com o modelo tradicional (preto/tricolor c/ cabeça de impressão). Outra vantagem é ter 6 cores disponíveis o tempo todo, nada de ficar tirando cartucho preto e colocando o de foto, além da facilidade recarregar apenas a cor que acabou.

As desvantagens também são claras: a cabeça de impressão está na impressora, então muito cuidado com ela, pois se ela entupir ou começar a falhar não bastará apenas jogar o cartucho fora e comprar um novo, então nem pensar em usar tinta vagabunda, aqui tinta de qualidade é algo essencial.

Uma outra vantagem dessas impressoras é que não há desperdício na limpeza, como acontece nas Epson ou mesmo nas demais HPs que jogam um montão de tinta fora nesse processo de limpeza. No sistema dos HP 02 a tinta usada na limpeza volta para o cartucho, e a impressora é esperta o suficiente para fazer essa limpeza com certa freqüência, quando imprime uma certa quantidade de folhas ou quando fica algum tempo sem imprimir. É curioso ver como uma grande quantidade de tinta é sugada do cartucho (há uma bomba de sucção interna aparentemente) e depois devolvida para o mesmo.

Bom, agora vamos falar da recarga. Os cartuchos originais custam cerca de R$ 60,00 (preto) e R$ 30,00 (colorido), apesar do valor relativamente baixo a quantidade de tinta é pequena e desanimadora, então vale a pena recarregar. Já vi alguns modelos de bulk-ink mas parece que eles não se adaptam bem a esse esquema de tinta ser puxada para dentro e para fora do cartucho o tempo todo, então resolvi não arriscar.

Carregar um cartucho original é relativamente simples, espetar uma agulha num dos orifícios do cartucho (que encaixam nos bicos da impressora) e injetar a tinta, mas assim que o cartucho volta pra impressora a mesma irá reclamar que ele foi recarregado, que a tinta não original foi detectada, que isso invalidada a garantia e todo aquele blá blá blá, mas mesmo assim aceitará imprimir numa boa, porém sem marcar o nível de tinta. Não gostei muito disso porque não gosto de correr o risco de cartucho acabar e a impressora puxar ar (não sei se isso aconteceria, mas não quero arriscar) e é ruim de verificar quanta tinta ainda tem nos cartuchos originais de casco preto fosco. Também não sei se essa complacência com a tinta não original dura muito tempo, é possível que ela para de imprimir após algum tempo, então resolvi buscar outra solução.

A solução encontrada foram cartuchos recarregáveis com chip full e translúcidos. Esses cartuchos são reconhecidos como originais, tem um chip que se reinicia automaticamente e portanto nunca indicarão que estão vazios. O casco translúcido possibilita ver quanta tinta ainda tem e assim não correr o risco de deixar a tinta acabar. Também há um orifício no casco próprio para a recarga, tampado com uma borracha, que facilita bastante o processo de recarga. Basta retirar a tampa, injetar tinta com uma seringa (agulhas grossas para agilizar o processo, já que não há espuma nem nada para se preocupar), tampar o oríficio novamente e recolocar na impressora.

Não costumo indicar marcas de tintas, mas dessa vez abro uma exceção e recomendo tanto a tinta quanto os cartuchos recarregáveis da Royal, que tem características muito parecidas com as originais da HP, tenho imprimido fotos em papel especial e as diferenças de tonalidade são bem pouco perceptíveis e requerem um observador bem atento.

Para não dizer que tudo são flores, meu cartucho recarregável amarelo tem o estranho hábito de não ser reconhecido pela impressora de vez em quando (toda vez que é removido para ser mais preciso), sendo identificado como defeituoso, dando algumas mexidas nele o problema desaparece e não reaparece mais enquanto ele não for removido. Isso acontece apenas com o amarelo, e não é o chip pois já troquei o mesmo com o de outras cores (são todos iguais e a parte onde eles são colados são intercambiáveis) e continuou sendo o amarelo a dar problema. Talvez algo relacionado com o fato de que o cartucho amarelo original foi o único que eu cheguei a encher, mas não posso afirmar nada. Como o problema só aparece na recarga e elas são pouco frequentes (cada cartucho colorido suporta uns 30ml e o preto o dobro disso) estou convivendo com ele até encontrar solução.

E aqui encerro a série sobre recargas, eventualmente posso postar alguma novidade que venha a descobrir. Sei que faltaram as instruções para muitos outros modelos de cartuchos, mas falei apenas dos que eu conheço e já recarreguei, pois como disse no primeiro post sobre recargas, só faço recargas para uso próprio, nada comercial. Se alguém  quiser escrever e postar instruções para algum outro cartucho que eu não falei será muito bem vindo, podendo postar como colaborador (detalhes aqui).

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2008/03/27/recarga-do-hp-02/

Deixe um comentário

24 Comentários em "Recarga do HP 02"

Notificar sobre
avatar
Ordenar por:   mais novos | mais velhos | mais votados