abr 01 2014

Governo decide zerar imposto de importação para compras até US$ 500,00

Uma boa notícia para os brasileiros que gostam de comprar no exterior: a partir de hoje, 01/04/2014, compras feitas no exterior e entregues no Brasil pelos Correios ou serviços de courier estarão isentas do imposto de importação, cuja alíquota era antes 60% do valor da compra e do frete. A medida vale para todos os produtos que passarem pela aduana a partir de hoje. Quem já teve seu pacote tributado antes desta data infelizmente não poderá recorrer, pois valerá a data de emissão da NTS. Ouvido pela reportagem, o Sr. Orlandão, fiscal da Receita Federal em Curitiba foi taxativo (pun intended): “O que tributei, tributado está!”.

A medida pegou muita gente de surpresa e preocupa comerciantes que temem a competição com os importados. O ministro da fazenda Guido Margarina explica que não há motivo para pânico, pois tal medida faz parte de um esforço do governo para realizar a reforma tributária que fora prometida pelo PT na campanha do Lula em 2002 (Nota do Blog: após 12 anos de governo do PT, a reforma não apenas não saiu, como também os impostos apenas aumentaram). Com as mudanças, os comerciantes também pagarão menos impostos e terão condições de competir com as importações por conta do frete com menor custo, menor prazo de entrega e garantia de troca no Brasil. Os Correios também prometem rever a política de preços que torna o envio de um PAC dentro do Brasil mais custoso que pacotes que atravessam oceanos vindo de países europeus e asiáticos para o Brasil.

A reforma tributária também desonerará o custo de fabricação em solo brasileiro, o que certamente incentivará a produção nacional e o aumento das exportações, para equilibrar a balança comercial. Margarina também ressalva que o governo continuará arrecadando com as importações: “Apenas o IOF que eu aumentei de 2,38% para 6,38% já representa uma enorme arrecadação para o governo. Veja bem, depois que eu tripliquei esse imposto, só com o IOF os brasileiros já pagam mais para importar do que a grande maioria dos países (gargalhadas)”.

Nas redes sociais a repercussão tem sido positiva por grande parte dos adeptos de importações, que costumam valorizar o dinheiro que ganham trabalhando honestamente. Porém a isenção do imposto não é unanimidade: um grupo de adeptos de movimentos socialistas, comunistas, esquerdistas e simpatizantes utilizaram seus iPhones adquiridos em suas viagens ao exterior para protestarem dizendo que tal medida só favorece os “burgueses opressores reacionários coxinhas fascistas”. Outros estavam horrorizados pelo fato do ministro ter usado a palavra “Veja” em seu discurso. O estudante Augusto Tchege-Vara comentou: “Estas medidas reacionárias são absurdas. O que falta agora? Daqui a pouco vão querer deixar bandidos presos com o pretexto de dar segurança para a população!”.

Nossa correspondente internacional na China, April O’Fool, informou que as várias lojas internacionais já preparam promoções exclusivas para brasileiros para comemorar o imposto zero. O gerente de uma das maiores lojas online chinesas, o senhor 愚人节 contava com entusiasmo. “Sem dúvida selá ótima opoltunidade! Finalmente blasileilo deixalá de pagar metade de seu salálio para govelno e podelá viver melhor, né?”.

Fonte: Verdana Size 11

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2014/04/01/governo-decide-zerar-imposto-de-importacao-para-compras-ate-us-50000/

Deixe um comentário

6 Comentários em "Governo decide zerar imposto de importação para compras até US$ 500,00"

Notificar sobre
avatar
Ordenar por:   mais novos | mais velhos | mais votados
@CaioUechi
Visitante

1º de abril? O.O

Anderson
Visitante
Anderson

Certeza

@CaioUechi
Visitante

Sinceramente não queria acreditar que o blog que eu sigo semanalmente fez uma piadinha dessas =/

Robson
Visitante
Robson

A única inverdade é o título. O resto é a mais pura verdade, inclusive a “Margarina”. kkkkkkk

Paulo
Visitante

Otima BRINCADEIRA!!!!

Luciane
Visitante
Luciane

Puxa, caí feito um pati…uma jaca !

wpDiscuz