[Review] Pense Bem c/ Livro de Atividades (modelo 2017) – Tec Toy – Submarino

Quando a Tec Toy anunciou que relançaria o Pense Bem, muitos sites fizeram artigos para falar sobre o brinquedo que era quase um computador. Até alguns reviews da versão clássica, lançada nos anos 80, surgiram.

Mas quando o lançamento do novo Pense Bem finalmente aconteceu… silêncio! Ninguém mais falou sobre ele exceto a própria Tec Toy. Ninguém mostrou o bichinho funcionando. Nem um vídeo, nada… Foi diferente do que aconteceu com o novo Mega Drive, que ganhou muitos reviews e unboxings.

Porém, o Skooter Blog é diferente, e finalmente mostra neste artigo o novo Pense Bem da Tec Toy. Portanto, este é, no melhor do meu conhecimento, o primeiro review do novo Pense Bem (o modelo 2017).

Motivação

O Pense Bem original foi um brinquedo que eu tive na minha infância. Aliás, tenho até hoje, só não sei exatamente onde ele está guardado na casa de meus pais.

Quando era criança, fiquei impressionado com a propaganda da Tec Toy da época (anos 80): “Muito mais que um brinquedo. Quase um computador!”. Era uma época em que computador era uma coisa muito distante. Eu nem mesmo conhecia alguém que tivesse um.

Acabei conseguindo convencer meus pais e ganhei um Pense Bem em um Natal. Não me recordo exatamente em qual, mas deve ter sido 1988 ou 1989. Sempre foi um de meus brinquedos favoritos.

Tive apenas dois livros de atividades para ele, o 01, que vinha com ele, e um de Formula 1, modalidade de automobilismo que eu era fã desde pequeno. Eram os bons tempos do Ayrton Senna.

Na época também cheguei a fazer meus próprios livros de atividade para o Pense Bem, com perguntas sobre videogames.

Nunca tive a fonte de alimentação do Pense Bem na minha infância. Ele vinha só com pilhas. Diziam que as fontes poderiam ser compradas em lojas de eletrônicos, mas tais lojas eram raras na época. Na minha cidade nem existiam, em uma cidade vizinha meus pais até procuraram, mas não encontraram. Pelo menos as pilhas duravam bastante.

Por volta da década passada, retirei um dia o Pense Bem da caixa e resolvi liga-lo para matar a saudade. Não tinha pilhas Tipo C à mão. Lembrei de uma fonte, dessas com chave para selecionar a tensão e múltiplos tipos de plug, que eu comprei em algum camelô nos anos 90. Usei ela. Péssima decisão. O Pense Bem ligou e apagou.

Depois de um tempo descobri que a tal fonte estava com defeito, soltando muito mais tensão do que deveria. Aparentemente fritei meu Pense Bem de infância. Na época não tinha conhecimento para conserta-lo e apenas guardei de novo. Hoje, se o encontrasse, talvez conseguiria repara-lo. Resta encontra-lo…

Quando o novo Pense Bem foi lançado fiquei com vontade de comprar um, mas achei o preço muito elevado e temia que ele fosse apenas um clone mal-feito, tal qual o novo Mega Drive. A garantia de apenas 3 meses também não inspirava confiança. Aparentemente nem a Tec Toy confia na construção do aparelho, pois oferece nada mais que a garantia legal obrigatória.

Em setembro de 2018, cheguei a enviar um e-mail para a Tec Toy perguntando se o hardware era igual ao original ou se era um clone. Para a minha surpresa, a Tec Toy respondeu em pouco mais de uma hora:

Agradecemos seu e-mail e informamos que o novo Pense Bem utiliza um hardware e firmware diferente.

A tecnologia do primeiro, utilizava componentes PTH e este novo utiliza SMDs. O processador do primeiro era um Zilog e hoje é um Atmel. Porque mudamos? Porque os custos da tecnologia de hoje são mais em conta do que tentar reproduzir 100% a tecnologia do passado. Nesse conceito, sim ele é um clone, mas objetivamos manter a sensação funcional o mais parecida possível com o produto original.

Eu esperava uma resposta genérica após alguns dias, mas veio uma resposta rápida e com conhecimento técnico agregado. Excelente, Tec Toy!

Mas ainda assim fiquei com um pé atrás. Do novo Mega Drive eu já não esperava muita coisa e ele acabou sendo pior do que eu imaginava. Seria o novo Pense Bem a mesma coisa?

O empurrão que faltava para arriscar veio com a black friday. A Tec Toy fez uma promoção que deixou o Pense Bem por R$ 99,90, com frete grátis no maketplace do Submarino. Usando o Ame eu ainda tive um cashback de R$ 5,00. E para ajudar eu ainda tinha R$ 30,00 de crédito do cashback da compra do Mouse Gamer G502 Proteus Spectrum. Ficou por R$ 70,00. E assim eu garanti a compra.

Unboxing e Testes

Pense Bem chegou bem embalado, com sua caixa dentro de uma outra caixa de papelão da Tec Toy. Em brinquedos clássicos assim é bom preservar muito bem a caixa e a Tec Toy deve ter entendido essa necessidade, não usando só um plástico em volta da embalagem do produto como é comum. Mesmo assim a caixa de papelão sofreu nas mãos do Correios e a com isso a caixa do Pense Bem sofreu com pequenos amassados, mas nada muito grave.

Dentro da caixa de papelão da Tec Toy temos a caixa de papelão do próprio Pense Bem. O formato é o mesmo do original e as artes também. O papelão parece ser um pouco diferente, talvez um pouco menos brilhante, talvez mais fino, mas estou só puxando da memória, visto que ainda não encontrei meu Pense Bem original.

Apesar da arte ser igual, os textos infelizmente mudaram. O slogan “Muito mais que um brinquedo, quase um computador.” da caixa original deu lugar a “O brinquedo que faz uma diversão inteligente.” Nem de longe esse novo slogan tem o mesmo impacto.

Mas até entendo a Tec Toy. Nos anos 80 computador era uma coisa quase inatingível para a maioria das crianças, coisa de ficção científica. Hoje em dia a molecada cresce com celulares muito mais poderosos que o Pense Bem. Hoje o slogan soaria como propaganda enganosa. É uma pena. Eu preferia a frase clássica.

Os demais textos da caixa também mudaram um pouco. Deixaram de lado o “Alta tecnologia computadorizada”, dentre outras mudanças.

O novo Pense Bem continua funcionando com 6 pilhas Tipo C, que chamávamos de “pilhas médias”, ou com fonte de alimentação. A diferença é que o Pense Bem original vinha com 6 pilhas da Duracell e sem fonte de alimentação. O novo vem sem pilhas e com a fonte de alimentação. Isso também é fácil de entender, hoje 6 pilhas Tipo C são mais caras que uma fonte eletrônica.

Por dentro a caixa mudou. O ispor deu lugar a esse material novo, ecologicamente correto, tal qual fizeram com o novo Mega Drive.

Livros de Atividades

O Livro de Atividades continua o mesmo em seu conteúdo. Apenas atualizaram a ortografia para ficar de acordo com o novo acordo ortográfico. Mudanças também ocorreram na ficha técnica, removendo todas as referências à Editora Nova Cultural e à equipe. No lugar ficaram apenas informações da própria Tec Toy.

No verso da contra-capa também removeram as propagandas dos outros livros e colocaram propagandas dos novos Mega Drive, Master System e Atari Flashback 7. Outra mudanças compreensível, visto que a Tec Toy não pretender lançar novos livros para o Pense Bem, infelizmente.

Não sei se não lançam novos livros por não compensar financeiramente ou por alguma questão de direitos autorais. Mas é fato que alguns livros precisariam de mais do que uma atualização ortográfica. No caso do livro de Formula 1, por exemplo, algumas questões já não estariam mais corretas. Quem mais venceu campeonatos de Formula 1 não é mais o Juan Manuel Fangio. Certamente há outras questões que ficaram desatualizadas com o tempo, mas eu precisaria encontrar meu livro para lista-las.

Alguns livros foram digitalizados e disponibilizados não oficialmente em PDF no Datassete. Mas infelizmente não são todos. E o Formula 1 está de fora. Definitivamente preciso encontra-lo.

Manual de Instruções

O manual de instruções também parece ser o mesmo da época. Algumas informações foram atualizadas, como a questão da fonte vir na embalagem. Por outro lado algumas informações passaram despercebidas e foram corrigidas em uma folha de errata, que vem solta.

Na folha de errata informam o consumo de energia do Pense Bem, que é de 1,44W com a fonte e 0,9W com pilhas. É um consumo médio de 100mA, o que dá uma duração de 60 horas com pilhas Tipo C de 6000 mAh.

Outra errata diz respeito ao tempo em que o Pense Bem leva para desligar sozinho se não for utilizado. Eram 3 minutos, corrigiram para 8 minutos. Pode ser uma mudança introduzida apenas no modelo novo.

Por fim, a última errata diz respeito à disponibilidade de livros de atividades. Onde diziam que eles “são encontradas separadamente.”, trocaram para “poderão ser lançados e adquiridos separadamente.”

O Pense Bem

Novamente, eu não posso falar com certeza até encontrar meu Pense Bem antigo, mas pelo menos pelo que eu lembro de memória, por fora o novo Pense Bem é idêntico ao antigo. Não consegui identificar nenhum ponto diferente. Até mesmo a resposta tátil dos botões parece ser a mesma.

Ligando o aparelho as semelhanças continuaram. Os sons, o display, tudo é exatamente como eu me lembro. Até mesmo algo que eu poderia apostar que não encontraria no novo Pense Bem está lá: o ruidinho que ele faz conforme o que o display está mostrando. Quanto mais segmentos acesos no display, maior é o ruído. Parece bobagem, mas esse barulhinho acaba ficando na memória. O display piscando é acompanhado de um ruidinho pulsando sincronamente. Não sei se foi proposital ou não, mas o novo Pense Bem também tem o ruidinho. O ruído deve ser do próprio display, que aparentemente continua o mesmo.

A única coisa que ainda não pude testar é algo que acontecia no velho Pense Bem quando as pilhas estavam fracas. Ele ficava maluco, começando a soltar notas musicais e ruídos que normalmente não solta, e mostrando no display símbolos que normalmente não mostra. Ele pode ficar assim por horas sem ninguém mexer nele… o auto-desligar não funciona quando ele fica maluco. Como não tenho pilhas C, muito menos pilhas C fracas, acabei não fazendo esse teste. O manual ainda alerta que isso é normal, mas talvez seja mais um trecho que simplesmente esqueceram de remover nessa nova versão.

Confira as fotos e o vídeo do unboxing e testes do novo Pense Bem da Tec Toy:

Rastreamento

Estas são as informações de rastreamento do pacote, segundo o Correios:

28/11/2018
16:50
Objeto entregue ao destinatário
28/11/2018
11:33
Objeto saiu para entrega ao destinatário
28/11/2018
02:20
INDAIATUBA / SP
Objeto encaminhado
de Unidade de Tratamento em INDAIATUBA / SP para Unidade de Distribuição em REMOVIDO / SP
27/11/2018
22:32
SAO PAULO / SP
Objeto encaminhado
de Unidade de Tratamento em SAO PAULO / SP para Unidade de Tratamento em INDAIATUBA / SP
27/11/2018
16:25
GUARULHOS / SP
Objeto encaminhado
de Agência dos Correios em GUARULHOS / SP para Unidade de Tratamento em SAO PAULO / SP
27/11/2018
09:42
Objeto postado

Tabela-Resumo

Nome do Produto: Pense Bem C/ Livro De Atividades
Nome Original: Pense Bem C/ Livro De Atividades
Loja: Submarino
Valor: R$ 99,90 [com R$ 5,00 de cashback]
Valor atual: R$ 199,00
Forma de Pagamento: Cartão de Crédito Visa
Tipo de Frete: Sedex
Valor do Frete: Gratuito
País de Origem do Pacote: Brasil
Data de Compra: 21/11/2018
Data de Envio: 27/11/2018
Data de Entrega: 28/11/2018
Tempo em Trânsito: 1 dia

Considerações Finais

O novo Pense Bem da Tec Toy (modelo 2017) pode ser totalmente diferente por dentro, mas por fora o que ele entrega é exatamente a mesma experiência do Pense Bem dos anos 80 e 90. Pelo menos de memória eu não consegui perceber nenhuma diferença. Mas ainda pretendo encontrar meu Pense Bem antigo, conserta-lo e fazer uma comparação lado a lado dos dois.

Tenho dúvidas se a Tec Toy atingiu a quantidade de vendas que desejava com o novo Pense Bem. Se o público-alvo forem as crianças de hoje, acho pouco provável que tenham sucesso, uma vez que hoje eles tem acesso a brinquedos com muito mais tecnologia. O apelo de “quase um computador” não funciona mais, tanto que removeram essa frase da caixa. Até mesmo o desenho do drive de disquetes ao lado do display é algo que nem mesmo os primeiros millenials conseguiriam identificar.

Um apelo que talvez funcione é o da “diversão inteligente”. Os celulares e brinquedos de hoje podem ser mais atrativos, mas em muitos casos a criança não aprende nada de bom. O Pense Bem desenvolve o raciocínio lógico, matemático e cognitivo.

Talvez a Tec Toy tenha mais sucesso vendendo o novo Pense Bem para a minha geração, que conheceu o brinquedo em sua infância e pode querer compra-lo para seus filhos, para mostrar como eram os brinquedos da nossa época e também ter uma boa desculpa para brincar um pouquinho novamente. 🙂

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2019/02/21/review-pense-bem-c-livro-de-atividades-modelo-2017-tec-toy-submarino/

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
2 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Hottest comment thread
2 Autores de comentários
PolterLincoln Autores de comentários recentes
  Inscrever  
mais novos mais velhos mais votados
Notificar sobre
Lincoln
Visitante
Lincoln

Legal, tive um também, bateu a nostalgia…

Polter
Visitante
Polter

Que legal, eu tb tenho o original guardado em algum lugar.

×