[Dicas da Tec Toy] Alex Kidd The Lost Stars – Master System

Alex Kidd The Lost Stars para o Master System foi lançado pela Sega em 1988, e foi portado do arcade da Sega de 1986. É o segundo jogo do personagem no Master System. Infelizmente é bem diferente do primeiro, o Alex Kidd in Miracle World.

O jogo é bonitinho e colorido. Mas a mecânica mudou completamente. Alex Kidd não tem mais a habilidade de socar os adversários, agora ele se limita a desviar deles. Quando toca em algum inimigo ou sofre algum dano solta um gritinho digitalizado que rapidamente se torna irritante.

Esqueça a moto, esqueça o helicóptero, esqueça o janken-po. Nada disso está presente no Alex Kidd The Lost Stars. Mas pelo menos há uma fase na água.

No Alex Kidd The Lost Stars, Alex Kidd tem uma barra de tempo. Ela diminui conforme o tempo passa, naturalmente, mas também diminui quando Alex Kidd sofre dano, ou seja, ela também funciona como uma barra de energia. Se o tempo acaba o jogo acaba, há apenas uma vida, mas pelo menos os CONTINUEs são ilimitados.

O jogo não é de todo ruim. Até é possível se divertir com ele. Mas quem espera algo na linha do Alex Kidd in Miracle World certamente se decepciona. O jogo tem 2 Mega, ironicamente o dobro de seu antecessor.

Alex Kidd The Lost Stars foi lançado pela Tec Toy no Brasil em 1991. Ele não estava disponível na locadora que eu frequentava, de modo que eu só pude joga-lo pela primeira vez quando tive contato com emuladores, lá em meados de 1997. Sua capa brasileira pode ser vista abaixo, conforme extraída do Tec Toy Wiki:

Capa da Tec Toy para o Alex Kidd The Lost Stars.

Capa da Tec Toy para o Alex Kidd The Lost Stars.

A história do jogo aparece na traseira da caixinha, como segue:

Alex Kidd está de volta em mais uma aventura incrível. Quando o perigo ameaça o Mundo de Áries, o nosso herói é o único capaz de aceitar este desafio. O maligno Jigaratt roubou as estrelas da constelação de Áries. O céu da cidade de Radactian está frio e escuro. Só alguém muito especial para trazê-las de volta… Alex Kidd!

E agora a minha principal contribuição para a comunidade: o folheto que a Tec Toy me enviou com as dicas do Alex Kidd The Lost Stars lá nos anos 90, época do saudoso Master Club. Devo ter pedido as dicas desse jogo depois de ve-lo na catálogo que vinha com o console, mesmo sem nunca ter jogado. A ideia era já ter as dicas para quando tivesse acesso ao jogo.

O folheto segue o formato tradicional, com uma única folha de formulário contínuo, com impressão matricial. Mas o conteúdo difere dos folhetos dos outros jogos que eu já mostrei. Não há ficha técnica, não há enredo, mas há uma saudação “caro amiguinho”. Há apenas uma dica de que devemos pegar as letras que passam para ajudar, e a função de cada uma: J para aumentar pulos, S dá tiros, e SC aumenta “suas vidas” (na verdade o tempo).

Confira o folheto da Tec Toy com as dicas do Alex Kidd The Lost Stars digitalizado:

Dicas Tec Toy - Alex Kidd The Lost Stars - Master System.

Dicas Tec Toy – Alex Kidd The Lost Stars – Master System.

Para completar, fiz um videozinho demonstrando o Alex Kidd The Lost StarsDeve ter sido a primeira vez que eu peguei esse jogo para jogar fora dos emuladores, e a primeira vez que tive paciência para pegar o jeito e  passar da primeira fase.

Os equipamentos utilizados para estas capturas foram:

  • Elgato – Game Capture HD60 – para a captura do vídeo em formato digital em Full HD e 60fps.
  • Analogue Mega Sg – um Mega Drive em FPGA, com saída HDMI em 1080p (Full HD), que também executa jogos do Master System, do Game Gear, do SG-1000 e do ColecoVision.

Link permanente para este artigo: https://www.skooterblog.com/2019/07/26/dicas-da-tec-toy-alex-kidd-the-lost-stars-master-system/

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar sobre
×